Topíssima, a nova novela da Record TV, estreia nesta terça-feira

Atualizado

Vem aí mais um trabalho de peso na teledramaturgia da Record TV. Nesta terça-feira (21), às 19h45, estreia a novela Topíssima. O novo folhetim da emissora vai trazer uma trama atual repleta de ação, humor, romance e também trará à tona a atual questão do empoderamento feminino.

Camila Rodrigues e Felipe Cunha são os protagonista de Topíssima – Blad Meneghel/Divulgação/ND

A atriz Camila Rodrigues e o ator Felipe Cunha farão o casal protagonista Sophia e Antonio. Além deles, grandes nomes abrilhantam o elenco da novela como Cristiana Oliveira, Floriano Peixoto, Denise Del Vecchio, Mauricio Mattar, Juliana Didone, Kadu Moliterno, Silvia Pfeifer, Guilherme Winter, Emilio Orciollo Netto, Eri Jhonson, Suzana Alves, Pérola Faria, Sidney Sampaio, Isabel Fillardis, Samara Felippo, entre tantos outros atores.

Com classificação indicativa livre, a novela será exibida de segunda à sexta-feira e substituirá a reprise de “A Terra Prometida” na faixa das 19h45. Durante a coletiva de imprensa da novela realizada na última quarta-feira (15) na sede da Record TV Rio, elenco e diretores dividiram suas expectativas para a estreia de Topíssima.

A autora da novela, Cristianne Fridman, destaca que a questão do empoderamento feminino que rodeia a protagonista da trama. “A história traz uma faceta do empoderamento feminino. Nossa protagonista, Sophia, é uma mulher vítima do empoderamento porque ela pensa que para ser respeitada, ouvida, ter sua independência e liberdade, necessita estar no controle absoluto, estar acima de todos. É um empoderamento resultado de uma atitude defensiva. Não é fácil para uma mulher exercer cargos de comando e ser respeitada pelo seu trabalho. O cuidado é não cair nesta armadilha de ter que se isolar e agir como se o outro fosse um inimigo a se derrubar”, explica a autora.

Cristianne Fridman, que também é autora da macrossérie bíblica Jezabel, no ar às 20h45, comemora a multifacetada produção de novelas que vem se consolidando na emissora. “Fico imensamente feliz de realizarmos uma novela contemporânea. São outras ambientações, modos de falar, de contar a história diferentes e isso é muito bom. Oferece um cardápio variado para o nosso público. Espero que este novo horário se consolide com tramas contemporâneas”, concluiu.

Novela Topíssima foi lançada em coletiva de imprensa na Record TV RIO – Blad Meneghel/Divulgação/Record TV

As gravações de Topíssima acontecem na zona oeste do Rio de Janeiro, no complexo de estúdios da produtora Casablanca, além de externas em diversos locais da cidade carioca, como o morro do Vidigal.

Para o diretor Rudi Lagemann existem desafios para realização de tantas gravações externas, mas o trabalho é compensado pela boa receptividade que a equipe teve na comunidade onde se passa a trama. “Hoje em dia filmar nas ruas, praias e logradouros públicos da cidade do Rio de Janeiro exige uma complexa organização. Tanto pela questão da mobilidade urbana, sobrecarregada pelo trânsito, como pela questão de segurança, o que acontece em todas as metrópoles do país. No Vidigal tivemos uma acolhida muito afetuosa da comunidade e da associação dos moradores. Cenas específicas foram feitas lá e outras foram transferidas para a nossa cidade cenográfica, que repete com êxito as características do Vidigal”, explicou o diretor geral, também conhecido como Foguinho.

Para modernizar a linguagem da trama, que mistura ação, humor, romance e emoção, Rudi Lagemann montou uma equipe de diretores formada por Rogério Passos, Guga Sander e Hudson Vianna. O desafio do grupo é misturar o sofisticado e o popular com as referências estéticas e artísticas do universo pop.

A atriz protagonista Camila Rodrigues diz que a personagem chegou no momento certo e se mostra empolgada com o trabalho. “Sophia é a expressão mais sincera do que estava querendo falar neste momento. Mulher livre, independente, forte, engraçada, decidida e às vezes confusa também. Me identifico e amo essa complexidade! Estou muito feliz com esse trabalho. Com as possibilidades que ele me traz enquanto artista. Desde que recebi a notícia de que faria a Sophia, não descansei um minuto. E a alegria foi imensa”, contou a atriz.

Estreando como protagonista de uma novela, o ator Felipe Cunha enxerga proximidades com o personagem. “Tem sido um desafio mesmo, o volume de trabalho é algo que impacta, é um cuidado que tenho a mais com este personagem. É gratificante, porém intenso. O Antônio é um aprendizado, acho que é o personagem mais próximo de mim que já tive a oportunidade de interpretar, mas é bem diferente de tudo que já fiz. É como aprender um idioma novo, pois o Antônio tem uma ginga do morro, tem um sotaque carioca, esse cuidado é o que no momento me deixa mais atento”, explicou Felipe.

Mais conteúdo sobre

TV