Conteúdo por Gazeta Esportiva

Ítalo Ferreira revela ansiedade para Jogos Olímpicos: “Podemos fazer história”

Ítalo Ferreira é o atual campeão mundial de surfe

Em função da pandemia de covid-19, os Jogos Olímpicos de Tóquio, que ocorreriam entre julho e agosto de 2020, foram adiados para 2021. A edição vai marcar a estreia do surfe como um esporte olímpico. Atual campeão mundial da modalidade, Ítalo Ferreira lamentou o adiamento da competição, mas está animado para a disputa no ano que vem.

“Eu estava muito ansioso para esse ano, mas infelizmente mudou tudo. Espero que aconteça, não vejo a hora de representar o Brasil e ter a oportunidade de competir nas Olimpíadas, que tem uma visibilidade gigantesca”, afirmou em entrevista coletiva de lançamento do programa no Canal OFF, nesta segunda-feira.

Ítalo Ferreira ainda mostrou confiança no desempenho brasileiro no surfe dos Jogos Olímpicos de 2021. Além do potiguar, também estão classificados para a competição o paulista Gabriel Medina, a cearense Silvana Lima e a gaúcha Tatiana Weston-Webb.

“Sem dúvida. O Brasil está bem representado. A gente pode fazer um estrago sim, fazer história tanto no surfe masculino quanto no feminino, com a Tati e a Silvana, que são duas meninas muito talentosas e que se dedicam bastante. Acho que o surfe só tem a ganhar com as Olimpíadas. É a oportunidade das confederações do Brasil repensarem o que estão fazendo e aproveitar para crescer e não ficar na mesmice”, finalizou Ítalo.

+

Surfe