Conteúdo por Gazeta Esportiva

Internacional bate o Fluminense e volta ao G6 do Brasileirão

Atualizado

O Internacional se recuperou no Campeonato Brasileiro e venceu o Fluminense por 2 a 1, neste domingo, no Beira-Rio. Com o resultado, os gaúchos chegaram a 49 pontos e voltaram a zona de classificação para a Libertadores. Já os tricolores, com 34, podem voltar ao rebaixamento dependendo dos resultados da rodada.

O Inter foi um pouco melhor no primeiro tempo e abiu vantagem com dois gols de Willian Pottker. Na etapa final, o Tricolor dominou, mas só marcou uma vez, com Wellington Nem.

Na próxima rodada, o Colorado encara o Corinthians, no domingo, em São Paulo. No dia anterior, o Fluminense recebe o Atlético-MG, no Maracanã.

O Inter bateu o Fluminense e voltou ao G6 do Brasileirão (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

O jogo – A partida começou movimentada, com as duas equipes em busca do ataque. Tanto que, antes dos dez minutos, Internacional e Fluminense desperdiçaram duas chances de abrir o placar no Beira-Rio.

Aos poucos, no entanto, as marcações melhoraram e os lances de perigo se tornaram mais raros. O Colorado tinha dificuldade em criar boas jogadas, enquanto que os cariocas buscavam, sem sucesso, os contra-ataques.

O Inter chegou a colocar a bola na rede, aos 29 minutos, com Guerrero, mas o gol foi invalidado por impedimento do peruano.

Com 35 minutos, os donos da casa abriram o placar de fato. Guerrero chutou de fora da área, Muriel falhou e a bola ficou para Pottker mandar para o fundo das redes.

O Fluminense não teve tempo para reagir e viu o Internacional chegar ao segundo gol aos 39 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola desviou em Cuesta, Willian Pottker antecipou Muriel e tocou para a rede. No primeiro momento, o árbitro Rodolpho Toski Marques apontou mão do zagueiro gaúcho, mas após consultar o VAR, validou o gol.

Nos minutos finais, o Tricolor ainda teve a chance de diminuir. Nenê cobrou falta rasteira para o meio da área e Allan chutou por sobre o travessão. Assim, os donos da casa foram para o intervalo com boa vantagem.

No segundo tempo, o Fluminense veio com uma postura mais ofensiva e buscou pressionar o Inter. No entanto, os tricolores tinha dificuldade em passar pela marcação colorada. Na melhor chance, Yony González roubou a bola de Cuesta. O ponta então tentou o toque ao invés do chute e acabou desarmado.

Depois de um período sem emoção, os visitantes chegaram ao gol aos 27 minutos. Yony González roubou a bola de Cuesta e tocou para Wellington Nem. O atacante passou por Rodrigo Moledo e chutou na saída de Marcelo Lomba.

O revés foi sentido pelos gaúchos, que quase viram o Fluminense empatar em seguida. Wellington Nem aproveitou bate e rebate na área, mas parou em boa defesa de Marcelo Lomba.

Na reta final, o Internacional tentou administrar o resultado com muito toque de bola. Os gaúchos aproveitaram o nervosismo dos cariocas e quase marcaram aos 41 minutos. Edenílson recebeu passe na área e chutou para grande defesa de Muriel. O Fluminense pouco produziu e saiu do Beira-Rio com a derrota.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 2 X 1 FLUMINENSE

Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data: 10 de novembro de 2019, domingo

Hora: 16h (de Brasília)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)

VAR: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Renda: R$ 258.485,00

Público: 11.180 pagantes

Cartões amarelos: Heitor, Guerrero e Willian Pottker (Internacional); Gilberto (Fluminense)

GOLS

INTERNACIONAL: Willian Pottker, aos 35 e 39min do primeiro tempo

FLUMINENSE: Wellington Nem, aos 27min do segundo tempo

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Heitor, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Patrick, D’Alessandro (Guilherme Parede) e Willian Pottker (Nico López); Guerrero (Rafael Sóbis)

Técnico: Zé Ricardo

FLUMINENSE: Muriel, Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Yuri (Lucão), Allan, Daniel e Nenê (Wellington Nem); Yony González e Marcos Paulo (Guilherme)

Técnico: Marcão

Futebol