Conteúdo por Gazeta Esportiva

Andrés se contradiz em áudio vazado que revela irritação com Bolzan

A Rádio Grenal publicou um áudio em que Andrés Sanchez fala sobre negociação do Corinthians com o Grêmio por Luan. O presidente corintiano confirmou a veracidade do áudio, mas afirmou que não estava ciente de que se tratava de uma entrevista.

Questionado sobre a chance de o negócio sair, Andrés respondeu: “Espero que não”. Na sequência, Andrés é perguntado se houve alguma divergência e revela toda sua irritação com as recentes entrevistas de Romildo Bolzan, mandatário gremista. “É só ver as entrevistas dele. Não falou com o Corinthians e fica dando essas m… de entrevistas. Eu não ofereci jogador nenhum para ele”.

Andrés Sanchez está conduzindo as negociações por Luan junto de Duílio Monteiro Alves (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag.Corinthians)

Segundo a Rádio Grenal, na sequência da conversa, a ligação caiu, interrompeu o diálogo e o contato não pôde mais ser restabelecido.

Contradição

A declaração claramente expõe o incômodo de Andrés Sanchez com a postura dotada por Romildo Bolzan e vai na contramão do que o próprio presidente do Corinthians chegou a afirmar em entrevista concedida logo após a última rodada do Campeonato Brasileiro, dentro da Arena de Itaquera.

Na ocasião, ao explicar como estava a negociação por Luan, Andrés admitiu tanto ter entrado em contato com Bolzan quando ter conversado sobre jogadores do elenco alvinegro que poderiam interessar ao Grêmio.

“Eu que liguei para ele, não falei nada de Pedro, de Luan, de João de nada. Eu só falei para ele que estavam saindo coisas na imprensa e que jamais faria coisas sem falar para ele, apenas isso”, afirmou Andrés, à época.

“Eu falei com ele e não falamos nada de Luan, de nada, mas sim de jogadores do Corinthians. Tenho uma bela relação com o Bolzan, mas falamos de um jogador do Corinthians, que ele disse que não interessa e acabou”.

Atualização

Conforme antecipou a Gazeta Esportiva, no fim da noite desta quarta-feira, Corinthians e Grêmio chegaram a um consenso e Luan deve mesmo ser o primeiro reforço do Timão para 2020.

Luan tem contrato com o Tricolor até o fim do ano que vem e isso pesou na decisão do clube gaúcho topar a saída do meia agora.

A situação depende de alguns detalhes. O fato de envolver outros jogadores é o principal motivo para o retardamento das assinaturas.

Mas, o anúncio oficial das partes envolvidas já é visto como inevitável e deve ser confirmado em breve.

Futebol