Anfitriã, França arrasa Coreia do Sul na abertura do Mundial Feminino

Atualizado

Sem decepcionar sua torcida, a anfitriã França mostrou força nesta sexta-feira e venceu o jogo de abertura do Mundial Feminino de futebol, ao golear a Coreia do Sul por 4 a 0.

Griedge Mbock Bathy da França comemora após marcar gol que foi anulado pelo VAR depois durante partida com a Coreia do Sul, Foto: RICHARD CALLIS/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO/ND

Com o apoio maciço da torcida no Parque dos Príncipes, a equipe comandada pela técnica Corinne Diacre contou com o brilho de Wendie Renard, autora de dois gols na partida.

O triunfo deixa as francesas em temporária vantagem no Grupo A da competição, que tenta ganhar mais respeito e visibilidade junto à Fifa e à torcida nesta edição. A seleção da casa, que já soma três pontos na chave, vai enfrentar ainda na fase de grupos a Nigéria e a Noruega, sua próxima adversária, no dia 12.

Considerada uma das favoritas ao título, a equipe da casa não tomou conhecimento das sul-coreanas no primeiro tempo. Foram quatro gols, sendo que um deles foi cancelado pela intervenção do árbitro de vídeo (VAR).

Leia também: 

O placar foi aberto aos nove minutos. Após uma bobeada na saída de bola da Coreia, pela esquerda, o ataque francês roubou a bola e a jogada culminou em cruzamento da linha de fundo, da direita, para Eugenie Le Sommer completar com tranquilidade para as redes.

Aos 27, começou a brilhar a estrela de Wendie Renard. A zagueira do Lyon deu assistência para a finalização de Mbock Bathy. A bola morreu no fundo das redes, mas a árbitra consultou o auxílio do vídeo e anulou o gol por impedimento.

Renard balançou as redes oito minutos depois, em cruzamento na área. A defensora de 1,87m subiu mais que as rivais e cabeceou para as redes. Antes do intervalo, aos 47 minutos, uma cobrança de escanteio na área gerou nova cabeçada certeira da zagueira francesa.

Após abrir 3 a 0 no marcador, a equipe da casa desacelerou no segundo tempo. Mas isso não significa que cedeu espaço ao limitado time coreano. Com dificuldades em todos os setores, a Coreia do Sul não impor qualquer ameaça à defesa francesa.

E ainda sofreu com novas investidas do ataque anfitrião. Aos 32, Bussaglia perdeu boa chance em finalização colocada, de fora da área. O quarto gol viria aos 39, em bela finalização de Amandine Henry, de fora da área, dando números finais ao duelo de abertura do Mundial Feminino.

Mais conteúdo sobre

Copa do Mundo Feminina