Escudo: Bragantino
CAB Bragantino
Escudo: Figueirense
FIG Figueirense
Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP) - 21/05/2019 às 21h30

Figueirense joga pouco em Bragança Paulista e conhece sua primeira derrota na Série B

Figueirense joga pouco em Bragança Paulista e conhece sua primeira derrota na Série B

O Figueirense jogou pouco e acabou derrotado pelo Bragantino na noite desta terça-feira (21), na abertura da 5ª rodada da Série B pelo placar de 2 a 0. Foi o primeiro revés do time do técnico Hemerson Maria que, com o resultado, caiu para a 10ª colocação. O Bragantino, por outro lado, assume a liderança provisória da Segundona com 10 pontos ganhos.

Um gol. Foi o gol de João Diogo, contra o Brasil (RS) que virou a chave do Figueirense quase que completamente. Com a vitória conquistada diante do Xavante, o Furacão saiu de um jejum de dois meses e inverteu para uma sequência positiva de quatro jogos. Em paralelo, se manteve como um dos poucos invictos na Série B e se junto ao pelotão da frente na tabela.

O Bragantino, apontado por muitos como um dos favoritos ao acesso – muito em virtude da chegada do seu investidor – chegou em casa em nome da recuperação. O time de Antônio Carlos Zago perdeu para o agora líder Londrina e, diante do Figueirense, precisava da recuperação.

O Figueirense até iniciou bem o jogo: consistente na defesa e mais perigoso que o adversário no ataque. Mas isso se restringiu aos primeiros 15 minutos de jogo. Depois o jogo se inverteu. Time de Antônio Carlos Zago, embalado pela torcida que encheu o Nabi Abi Chedid, martelou o Figueira e terminou o primeiro tempo com mais finalizações e 75% de posse de bola.

A resistência do alvinegro durou bastante, mais precisamente, até os 40 minutos da segunda etapa. Após cobrança de escanteio o volante Ytalo mandou para a rede de Denis. Festa no Nabizão. No último lance da partida o time de Hemerson Maria se lançou ao ataque em tentativa de empate e, no contra-ataque, o time de Antônio Carlos Zago deu números finais a partida com gol de Claudinho. 2 a 0 festa em Bragança Paulista e primeira derrota do Furacão.

Próxima parada:

O Figueirense agora aguarda dez dias até a próxima partida que acontece no dia 31, em Florianópolis, contra o Atlético (GO). O Bragantino, que assumiu a liderança, joga um dia depois, no sábado, contra o Vitória, na Bahia.

Ficha técnica:

Bragantino: Júlio César, Aderlan (Luis Phelipe), Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Barreto, Uillian Correia (Pio), Ytalo, Wesley (Matheus Peixoto) e Thiago Ribeiro; Claudinho. Técnico: Antônio Carlos Zago.

Figueirense: Denis; Pereira, Alemão, Ruan Renato e Júlio Rusch (Matheus Lucas); Zé Antônio, Tony, Fellipe Mateus e Matheuzinho (Alípio); João Diogo e Rafael Marques (Betinho). Técnico: Hemerson Maria.

Gol: Ytalo (40/2T), Claudinho (48/2T).

Cartões amarelos: Ligger, Léo Ortiz, Edimar, Ytalo (BRA); Alemão, Zé Antônio, Betinho, Alípio (FIG)

Arbitragem: Alexandre Vargas de Tavares (RJ), auxiliado por Diogo Carvalho Silva (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ).

Local: estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). Data: 21/05

Lances da partida

Futebol