Escudo: Avaí
AVA Avaí
Escudo: Cruzeiro
CRU Cruzeiro
Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC) - 11/08/2019 às 16h00

VAR decide e Avaí deixa escapar a primeira vitória na Série A

O VAR foi decisivo para o empate entre Avaí e Cruzeiro por 2 a 2 na Ressacada neste domingo (11) pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019. O time catarinense ganhava até os 47 da segunda etapa, mas deixou a primeira vitória na competição escapar depois que Sassá, centroavante do Cruzeiro, empatou a partida. Após mais de quatro minutos de consulta, o árbitro paranaense Paulo Roberto Alves Júnior, com o auxílio do recurso eletrônico assinalou o gol mineiro.

Pedro Castro marcou o primeiro gol do Avaí no jogo – Frederico Tadeu/Avaí

Dessa forma, o Avaí segue sem vencer na Série A e continua na lanterna com seis pontos ganhos. Já o Cruzeiro, que será comandado por Rogério Ceni, continua na 17ª colocação, agora com 14 pontos ganhos.

O JOGO

Mostrando mais intensidade e mais volume de jogo, o Avaí fez a pressão alta que Alberto Valentim pediu e levou mais perigo aos mineiros rondando bastante mas a área mineira. Já o Cruzeiro se defendia bem, mas não dava sequência aos ataques com muitos erros de passe. Aos 18, Léo avançou pelo meio e finalizou longer do gol de Fabio. A pressão deu resultado quatro minutos depois quando Pedro Castro aproveitou a bobeira da zaga mineira e tocou cruzado para vencer o goleiro e inaugurar o placar.

Com a vantagem no marcador, o Leão recuou as linhas de marcação buscando sair em contra-ataques. Já o Cruzeiro não encaixou os passes para dar seguimentos às jogadas. A primeira etapa terminou com vantagem avaiana no marcador.

No segundo tempo, o Cruzeiro voltou mais aberto e buscando o empate. O time comandado interinamente por Ricardo Rezende Empatou aos 17 da segunda etapa com Pedro Rocha, que pegou o rebote de um chute de Marquinhos Gabriel. O time de Alberto Valentim não se abateu com o empate e continuou buscando o ataque. Aos 27, Caio Paulista, pela direita, saiu costurando a zaga cruzeirense e foi derrubado. Pênalti que Brenner converteu para dar novamente a liderança no marcador ao Leão. Avaí 2×1!

Perdendo o jogo, a Raposa foi para o ataque aos 47 da segunda etapa. Sassá mandou para as redes igualando o confronto. Após mais de quatro minutos de consulta ao VAR comandado por Adriano Milczvski, o juiz confirmou o gol estabelecendo a igualdade.

Ficha Técnica:

Avaí (2): Vladimir; Léo (Iury, aos 10/2°T), Marquinho Silva, Betão e Paulinho; Richard Franco, Pedro Castro e João Paulo; Lourenço (Caio Paulista, aos 6/2°T), Bruno Sávio (Douglas, aos 25/2°T) e Brenner.
Técnico: Alberto Valentim

Cruzeiro (2): Fábio; Orejuela (Edilson, aos 2/2°T), Dedé, Léo e Egídio (Dodô, aos 40/2°T); Henrique e Ariel Cabral (David, aos 9/2°T); Robinho, Marquinhos Gabriel e Pedro Rocha; Sassá.
Técnico: Ricardo Resende

Gols: Pedro Castro, aos (22/1°T); Pedro Rocha, (17/2°T); Brenner, (28/2°T); Sassá, (47/2°T)

Cartões amarelos: Robinho, aos 13/2°T; Edilson, aos 22/2°T e aos 37/2°T; Vladimir, aos 34/2°T; Douglas, aos 54/2°T

Cartão vermelho: Edilson, aos 37/2°T; Léo, aos 46/2°T (já estava no banco de reservas)

Arbitragem:

Paulo Roberto Alves Silva (PR); com Bruno Boschilia (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)

VAR: Adriano Milczvski

Local: Ressacada, em Florianópolis/SC

Público: 4.921

Renda: R$ 98.425

Lances da partida

Esportes