Escudo: Figueirense
FIG Figueirense
Escudo: América-MG
AME América-MG
Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC) - 12/10/2019 às 19h00

Fim do jejum: comandado por Breno, Figueirense bate o América-MG e vence após 18 jogos

Acabou a espera! Depois de um jejum de 18 partidas sem vitória, e de (mais) uma semana conturbada fora de campo o Figueirense voltou a vencer. Na partida deste sábado (12) no Orlando Scarpelli o Furacão do Estreito buscou a virada e derrotou o América-MG por 2×1. Curiosamente a última vitória, ainda pela 9ª rodada da Série B, foi contra o mesmo América-MG.

Breno entrou no intervalo da partida e foi fundamental para a vitória do Figueirense – Foto: Patrick Floriani/FFC

Agora o Figueirense ganha fôlego na briga para fugir do Z-4, enquanto o América-MG perde o seu lugar no G-4 para o Coritiba. Além dos 18 jogos sem vitória da equipe catarinense, o Coelho vinha de uma sequência de apenas uma derrota nos últimos 15 jogos, o que torna a vitória mais especial ainda para o torcedor do Figueirense.

O jogo

O Figueirense entrou em campo neste sábado com um time ainda sem entrosamento e, por incrível que pareça, ainda em formação mesmo no mês de outubro.

O adversário trazia boas lembranças, afinal era o mesmo adversário da última vitória do Furacão do Estreito. Contando com o apoio da torcida, apesar do público baixo, o Figueirense pressionou bastante o América-MG nos 10 minutos iniciais do jogo, sem deixando a equipe mineira passar do meio-campo.

Apesar de pressionar e ser superior, o Figueirense não conseguiu levar muito perigo ao gol do goleiro Airton até os 20 minutos, quando Yuri Mamute apareceu sozinho na área e obrigou o goleiro do time mineiro a fazer excelente defesa. Aos 33, boa chance para o Figueirense de novo. Patrick arriscou o chute de longe e Airton mandou para escanteio.

O Figueirense seguiu com maior posse de bola e volume de jogo até o final do primeiro tempo, quando aos 43 minutos, após cobrança de escanteio, João Cubas abriu o placar para o América.

Depois de longas 18 rodadas o Figueirense finalmente voltou a vencer, justamente contra o adversário da última vitória, o América-MG – Foto: Patrick Floriani/FFC

Apesar da superioridade na etapa inicial, o Figueirense foi para o intervalo atrás do marcador. O América-MG conseguiu ameaçar apenas em bolas paradas.

Na segunda etapa, o América-MG foi superior nos primeiros cinco minutos. Mas, a partir de então, impulsionado pelas entradas de Breno e Rafael Marques, ainda no intervalo, o Figueirense foi para cima.

Breno inclusive, foi o grande nome do segundo tempo. Antes dos 10 minutos, o jogador que fazia sua primeira partida diante da torcida, apareceu sozinho na zaga mineira, tocou na saída do goleiro Airton e empatou a partida.

Com o empate, o Furacão do Estreito se animou e foi para cima, a virada não tardou. Novamente Breno, aos 12 minutos, fez excelente jogada pela esquerda e bateu cruzado. A bola desviou em Lucas Kal e matou o goleiro Airton. Virada do Figueirense e festa no Orlando Scarpelli.

O Figueirense seguiu pressionando até os 30 minutos e esteve muito perto de marcar o terceiro gol, obrigando o goleiro Airton a fazer boas defesas para manter o América-MG no jogo.

Nos minutos finais do jogo, o Figueirense se fechou no campo defesa à espera do apito final e reencontro com a vitória. O América-MG partiu para o abafa, mas sem muita organização e mais da base do desespero não conseguiu ser efetivo.

Final de jogo no Orlando Scarpelli e festa da torcida do Figueirense que reencontrou a vitória depois de um longo jejum de 18 partidas.

Com a vitória, o Figueirense ficou apenas 4 pontos atrás do Londrina, 16º colocado e primeiro time fora da zona de rebaixamento, apesar de permanecer na lanterna. Já o América-MG, estaciona nos 41 pontos e perde o lugar no G-4 para o Coritiba, caindo para a 5ª colocação.

Próxima parada

O Figueirense volta a campo na terça-feira (15), quando visita o Londrina no Estádio do Café em confronto direto contra o rebaixamento. Já o América-MG busca a reabilitação em casa, contra o Vila Nova, também na terça-feira.

Ficha técnica:

Figueirense (2): Pegorari; Luis Ricardo, Ruan Renato, Pereira, Conrado; Patrick, Tony, Andrigo (Breno), Jefferson Renan, Fellipe Mateus (Odilávio); Yuri Mamute (Rafael Marques). Técnico: Márcio Coelho

América-MG (1): Airton; Leandro Silva, Lucas Kal, João Cubas, João Paulo; Juninho, Zé Ricardo (Marcelo Toscano), Willian Maranhão (Geovane), Diego Ferreira (Felipe Azevedo), Matheusinho; Júnior Viçosa. Técnico: Felipe Conceição

Cartões amarelos: Ruan Renato e Fellipe Mateus (FIG); Lucas Kal (AME)

Arbitragem: José Mendonça da Silva Junior (PR); auxiliado por Jefferson Cleiton Piva da Silva (PR) e João Fabio Machado Brischiliari (PR)

Público: 2.982

Renda: R$ 53.840,00

Lances da partida

Mais conteúdo sobre

Futebol