Conteúdo por Gazeta Esportiva

Após acesso, Bragantino enfrenta Botafogo-SP visando título da Série B

Atualizado

O Bragantino já garantiu o acesso à elite do futebol brasileiro em 2020, mas para levantar o caneco da Série B é preciso continuar vencendo. Para isso, enfrenta o Botafogo-SP nesta sexta-feira, às 19h15 (de Brasília), no estádio Santa Cruz, pela 34ª rodada da competição.

Massa Bruta voltará a jogar Série A após 21 anos (Foto: Reprodução)

Na última rodada, o Massa Bruta venceu o Guarani por 3 a 1 e confirmou matematicamente seu retorno à Série A após 21 anos. No entanto, o técnico Antonio Carlos Zago deseja levantar o caneco e, para isso, ele acredita que são necessárias mais algumas rodadas mantendo esse rendimento para que isso aconteça.

“Olhando a tabela hoje, temos oito pontos à frente do segundo. Temos que nos preparar bem para que possamos fazer uma boa partida. Acredito que, com dois jogos, talvez a gente já pode conquistar este título, mas temos que demonstrar dentro de campo. Manter a regularidade, o futebol que estamos jogando, para que isso aconteça”, disse em coletiva de imprensa.

O Botafogo-SP também vem de vitória, diante do Oeste, fora de casa. Na oitava colocação com 47 pontos, a equipe comandada por Hemerson Maria sonha com o G4 e, caso vença e adversários diretos percam, o time pode subir duas colocações.

“Estamos vivos na disputa por uma vaga. Neste momento, não adianta fazer cálculos. Temos que pensar jogo a jogo, conquistar as vitórias e somar o maior número de pontos. Temos duas partidas seguidas em casa diante do Bragantino e Sport. Se queremos o acesso, vamos ter que passar por esses desafios. A vida é pautada por desafios”, disse o treinador.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO-SP X BRAGANTINO

Local: Estádio Santa Cruz, Ribeirão Preto (SP)

Data: 8 de novembro de 2019 (sexta-feira)

Horário: 19h15 (de Brasília)

Arbitragem: Diego Pombo Lopez (BA)

Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias (BA)

BOTAFOGO-SP: Darley; Lucas Mendes, Luiz Otávio, Didi e Pará; Pablo e Marlon Freitas; Felipe Saraiva, Nadson (Julio Cesar) e Murilo; Bruno Moraes.

Técnico: Hemerson Maria

BRAGANTINO: Júlio César; Pio, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca; Uillian Correia, Ricardo Ryller e Claudinho; Ytalo, Morato e Wesley

Técnico: Antonio Carlos Zago

Futebol