Conteúdo por Gazeta Esportiva

Após derrota, Scaloni deve barrar Aguero e Di María na Argentina

A derrota na estreia da Copa América para a Colômbia deixou o clima tenso na seleção argentina. Depois do resultado negativo com uma atuação abaixo, o técnico Lionel Scaloni deve abrir mão de dois dos nomes mais relevantes do grupo para o duelo com o Paraguai: Aguero e Di María.

Presentes nas últimas duas Copas dos Mundo e nos vice-campeonatos da Copa América em 2015 e 2016, os jogadores de Manchester City e Paris Saint-Germain, respectivamente, vão para o banco de reservas após jornadas fracas contra a Colômbia, abrindo espaço para os jovens De Paul e Lautaro Martínez.

A mudanças, no entanto, não param por aí. O lateral-esquerdo Casco entrará na vaga de Saravia, que falhou nos gols colombianos, e o volante Guido Rodríguez vai dar lugar a Roberto Pereyra no meio-campo. As opções, inclusive, deixam a equipe mais ofensiva.

Desse modo, a escalação da Argentina para pegar o Paraguai tem: Armani; Milton Casco, Pezzella, Otamendi e Tagliafico; Roberto Pereyra, Lo Celso, Paredes e De Paul; Messi e Lautaro Martínez.

As alterações propostas pelo treinador só puderam ser vistas por conta de um canal de televisão argentino que transmitiu ao vivo o treino fechado do elenco na Cidade do Galo, em Belo Horizonte. Lionel Scaloni reclamou da atitude da emissora e despistou sobre as alterações.

“Viram por cima da montanha, né? Eu falei que qualquer um que veio tem chance de ser titular, a decisão passa pelo que buscamos na partida. No caso de Ángel (Di María), decidimos tirá-lo no intervalo. São jogadores importantes como são os demais. Todos podem jogar ou não jogar. Não posso confirmar, mas minha consideração é igual para todos”, declarou.

Buscando a primeira vitória na Copa América, a seleção argentina enfrenta o Paraguai nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Mineirão. Sem pontos conquistados, a equipe é a lanterna do Grupo B, que tem colombianos na liderança (3) e cataris e paraguaios empatados na sequência (1).

Copa América