Conteúdo por Gazeta Esportiva

Após esforço no fim da janela, presidente do Santos adota cautela e espera por “oportunidades”

Presidente do Santos adota cautela no mercado (Ivan Storti/SFC)

O Santos correu atrás de reforços até o último minuto da janela internacional de transferências, encerrada na semana passada. Depois de contratar Pará, o Peixe trouxe Luan Peres e Lucas Venuto e ficou perto de Lucas Silva, do Real Madrid (ESP), e Walace, do Hannover (ALE).

O Alvinegro agora adota cautela e não tem pressa para concluir a formação do elenco. No cenário ideal de Jorge Sampaoli, um volante e um meia ainda precisariam vir.

“Mais reforços só virão se forem oportunidades de mercado. Fizemos um grande esforço e não podemos comprometer o fluxo de caixa”, resumiu o presidente José Carlos Peres, à Gazeta Esportiva. 

Há negociação em andamento com o São Paulo pelo meio-campista Lucas Fernandes. O Tricolor pediu alto e as tratativas ainda não avançaram.

O Santos contratou 14 reforços para o elenco profissional em 2019: Soteldo, Felipe Aguilar, Everson, Cueva, Jean Lucas (vendido ao Lyon, da França), Felipe Jonatan, Jorge, Jobson, Marinho, Uribe, Evandro, Pará, Luan Peres e Lucas Venuto.

Mais conteúdo sobre

Futebol