Após fim de jejum, Gabriel Jesus não se incomoda com pressão no Palmeiras

Atacante estava há seis jogos sem balançar as redes, mas voltou a deixar sua marca contra o Avaí, na Ressacada. Ele elogiou a força do elenco alviverde

Divulgação

Mesmo diante de toda a expectativa que se criou em cima de Gabriel Jesus, o atacante de 18 anos de idade não se mostra incomodado com a pressão. No sábado, o camisa 33 encerrou um jejum de seis jogos e voltou a balançar as redes depois de um mês. Questionado sobre a cobrança no time profissional, o garoto falou com naturalidade sobre o assunto.

– A pressão é normal, o Palmeiras é grande, cara. Tem que sempre estar ganhando, disputando títulos. Mostramos que estamos no Brasileiro, também, brigando por uma vaga no G4 – resumiu Gabriel Jesus.

A atuação sobre o Avaí serviu para aliviar um pouco a cobrança em cima do jovem, que vinha de partidas ruins no time de cima. Este foi o seu primeiro jogo como titular depois de disputar dois amistosos com a Seleção olímpica. O retrospecto com a camisa verde e amarela foi bom, já que o palmeirense balançou as redes nos dois jogos pela equipe nacional.

Contra a Ponte Preta, Marcelo Oliveira preferiu deixá-lo no banco, mas o colocou logo aos 35 minutos. Contra o time catarinense, ele atuou nos 90 minutos e saiu satisfeito.

– A gente entrou bem determinado para fazer um resultado bom. Ganhamos com uma disposição muito boa de marcar e sair pra jogar depois. Fomos muito felizes. Mostramos a força do nosso elenco. Os que não vem jogando tem trabalhado muito forte – completou o garoto.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...