Conteúdo por Gazeta Esportiva

Após golaço, Jean Pyerre afirma que vinha sendo cobrado para finalizar mais

Jean Pyerre marcou um golaço para abrir a vitória do Grêmio contra o Goiás (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Jean Pyerre foi o autor do primeiro gol do Grêmio na vitória sobre o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro. O meio-campista bateu colocado de fora da área e marcou o golaço que deu início à vitória tricolor no dia do aniversário de 116 anos do clube. Após a partida, ele afirmou que vinha sendo cobrado para finalizar mais e garantiu que esse foi o tento mais bonito de sua carreira até agora.

“O pessoal vem me cobrando. Eles me xingam porque eu não chuto a gol. Às vezes, prefiro dar um passe a bater para o gol. Hoje eu vim com o pensamento de arriscar. Graças a Deus, fui feliz e pude ajudar a equipe. Para mim, é o gol mais bonito que fiz até agora no profissional”, declarou o jogador de 21 anos.

Jean Pyerre ainda reconheceu que as cobranças têm o intuito de contribuir para a sua evolução. “Eles me cobram. É como eu falei, às vezes eu abro mão de chutar para dar um passe ou pisar na bola e acalmar o jogo. Vão me cobrar ainda mais, mas sei que é para o meu bem. O professor Renato me cobra, o Rogerinho (preparador físico) vem falar comigo em todos os aquecimentos, os próprios jogadores também. Eles olham meu aproveitamento nos treinos e falam: ‘chuta a gol que vai ajudar a gente’”, completou o camisa 21.

Ocupando a oitava colocação com 28 pontos conquistados, o Tricolor Gaúcho tem a chance de subir ainda mais na tabela do Brasileirão já no próximo sábado (21). Às 21h (de Brasília), o Imortal visita o Santos na Vila Belmiro, pela 20ª rodada da competição.

Futebol