Após manifestante ser baleado em protesto contra a Copa, Dilma convoca reunião

Dilma Rousseff irá se reunir coms os ministros José Eduardo Cardozo, Celso Amorim e Aldo Rebelo a fim de traçar estratégias para que os protestos não atinjam a Copa

Divulgação

Após um manifestante ter sido baleado pela polícia militar em protesto que aconteceu no último sábado, na cidade de São Paulo, e que ficou marcado por atos de depredação de manifestantes e repressão por parte da Polícia, a presidente Dilma Rousseff convocou uma reunião com sua equipe para planejar e evitar que essas manifestações cresçam ainda mais durante a Copa do Mundo.

A presidente Dilma, que está a caminho de Cuba, irá se encontrar com os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça), Celso Amorim (Defesa) e Aldo Rebelo (Esportes), na sua volta ao Brasil, para traçar as diretrizes da situação dos protestos na Copa. O governo acredita que a intensificação dos protestos nas ruas, que eclodiram em junho, foi devido à forte repreção da Polícia Militar aos jovens que protestavam contra o aumento da passagem de ônibus.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Esportes

Loading...