Conteúdo por Gazeta Esportiva

Após reunião, Niko Kovac deixa o comando técnico do Bayern de Munique

A trajetória de Niko Kovac no comando do Bayern de Munique chegou ao fim. Na tarde deste domingo, um dia após o time bávaro ser goleado pelo Eintracht Frankfurt, treinador e clube entraram em acordo e decidiram pela rescisão do contrato.

“O desempenho de nossa equipe nas últimas semanas e os resultados nos mostraram que havia necessidade de ação. O presidente Uli Hoeneb, o diretor Hasan Salihamidzic e eu tivemos uma conversa aberta e séria com o Niko, com o resultado consensual de que ele não é mais o técnico do Bayern”, disse Karl-Heinz Rummenigge, CEO do clube.

“Agora espero um desenvolvimento positivo de nossos jogadores e motivação absoluta para atingir nossos objetivos para esta temporada”, reforçou o diretor de esportes Hasan Salihamidzic.

O Bayern é o quarto colocado do Campeonato Alemão, com 18 pontos, quatro a menos que o líder Borussia Monchengladbach. Na Liga dos Campeões, a equipe ocupa a ponta do Grupo B ao somar nove pontos em três jogos.

Após bom trabalho justamente no Eintracht Frankfurt, Niko Kovac foi contratado para comandar o Bayern na última temporada, quando conquistou a Copa da Alemanha e o Campeonato Alemão.

“Acredito que é a decisão certa para o clube no momento. Os resultados, e também a maneira como jogamos pela última vez, me levaram a essa decisão. Agradeço o clube pelo último um ano e meio”, declarou.

O time bávaro será comandado pelo assistente técnico Hans Flick nos próximos compromissos: o Olympiacos, da Grécia, pela Liga dos Campeões, e o Borussia Dortmund, no Campeonato Alemão. José Mourinho e Erik Tem Hag, técnico do Ajax, aparecem como as principais opções para ocupar o cargo.

Futebol