Conteúdo por Gazeta Esportiva

Árbitro relata na súmula ofensas de funcionários do São Paulo após jogo contra o Inter

Bráulio da Silva Machado, árbitro do jogo entre São Paulo e Internacional desta quarta-feira, relatou ofensas de dois funcionários do Tricolor paulista na súmula da partida.

Segundo o relatado, Márcio Carlomagno Araújo teria se dirigido a equipe de arbitragem, mostrado o dedo do meio e dito que os árbitros teriam tentado favorecer o Colorado, com palavras de baixo calão.

“Informo que no momento em que a equipe de arbitragem se dirigia para vestiário, dentro da área mista, foi abordada pelo Sr. Marcio Carlomagno Araújo , assistente da presidência da equipe são paulo futebol clube, que proferiu as seguintes palavras de forma ofensiva para a equipe de arbitragem: ” eles tentaram mas não conseguiram, esses pau no c*, após, mostrando o dedo médio proferindo ainda as seguintes palavras: “tentaram roubar mas não conseguiram, vão se f****”, diz na súmula.

Pedro Campos, preparador físico, foi o outro membro do São Paulo que apareceu no informe. O profissional foi expulso por ir até o quarto árbitro na reta final do duelo e pedir o fim do jogo de forma bastante ofensiva.

Pedro Campo à esquerda de Márcio Araújo. (Foto: Marcos Ribolli/ São Paulo)

“Informo que após o término da partida expulsei de forma direta o auxiliar técnico da equipe São Paulo Futebol clube, Sr. Pedro Augusto Biccari Franco de Campos, por se dirigir ao 4º árbitro e proferir as seguintes palavras de forma ofensiva: “acaba essa merd* seu filho da p***”, comenta Bráulio.

Apesar de toda confusão, o time do Morumbi venceu o Inter por 2 a 1 e carimbou uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores 2020.

Futebol