Conteúdo por Gazeta Esportiva

Arthur anseia por gol na Seleção, mas Tite tira responsabilidade do volante

Dos jogadores titulares da Seleção Brasileiras nessas três primeiras rodadas da Copa América, apenas Alisson e Arthur ainda não marcaram gols pela equipe com a camisa pentacampeã. Como Alisson é goleiro, obviamente a cobranças, muitas vezes em tom descontraído, recaem sobre o volante do Barcelona, que nessa quinta voltará a atuar na Arena do Grêmio, onde chamou atenção do mundo.

“Seria perfeito. É uma coisa que sei que não é minha principal função, mas tenho me cobrado por causa disso, o professor também, ele fala mesmo ‘acerta a casinha’. A gente já não aguenta mais”, contou, aos risos, ao lado de Tite. “Fazer gol aqui na Arena seria inesquecível”.

Apesar da auto-crítica, Arthur tem sido muito elogiado pelo comandante da Seleção Brasileira, que inclusive nem espera dele algo que Paulinho, na mesma função, fazia com destaque em outrora.

“Arthur joga um pouco mais atrasado. Se é pra chegar na área é como reboteiro, não como infiltrador, porque ele dá mais liberdade para Coutinho entrar”, explicou o treinador, na mesma entrevista coletiva.

Copa América