Conteúdo por Gazeta Esportiva

Arthur trabalha em campo e reduz chance de ser cortado da Seleção

Atualizado

Arthur participa de transição para poder voltar a estar à disposição (Foto:Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Depois de lesionar o joelho direito no amistoso contra a Honduras no último domingo, o volante Arthur não treinou nos últimos dias, porém esta quarta-feira trouxe boas notícias para Tite. O jogador foi a campo participar de um trabalho físico e mostrou evolução na recuperação.

Apesar da presença de Arthur no campo apenas três dias após o trauma, Tite não deve contar com o jogador para a partida de estreia da Copa América contra a Bolívia, na sexta-feira. Caso realmente não possa atuar como titular, Allan jogará em seu lugar.

De acordo com o médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar, Arthur evoluiu melhor do que a projeção inicial e já participa da transição entre o trabalho de fisioterapia e as atividades com o restante do grupo de jogadores. Assim, o meio-campista do Barcelona reduz suas chances de ser cortado da competição.

“O Arthur teve um trauma importante durante o jogo na região do joelho direito e isso levou a um quadro de muita dor e limitação na função, por isso ele não treinou nos últimos dias. Ficou em tratamento, mas respondeu muito bem até agora. Hoje ele iniciou um trabalho físico, uma transição da fisioterapia para o treino normal”, analisou Lasmar.

Apesar disso, Arthur só deve ser liberado para se juntar ao restante do grupo na quinta-feira. Dessa forma, deve começar a partida contra a Bolívia no banco, podendo recuperar sua condição de titular no time de Tite ao longo da disputa da competição.

“Vai ser reavaliado amanhã pela manhã e nossa expectativa é que, se sentindo bem, faça um trabalho já com um grupo e aí nós teremos uma segurança grande para liberar o atleta”, completou o doutor.

Copa América