Conteúdo por Gazeta Esportiva

Atletas gremistas admitem erros defensivos e criticam arbitragem

Grêmio ficou no empate em 3 a 3 com a Chapecoense na Arena (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Depois do empate por 3 a 3 na Arena diante da Chapecoense, o meia Matheus Henrique saiu reclamando do árbitro que voltou atrás na marcação de uma penalidade em favor do Grêmio nos acréscimos. Por outro lado, o meio-campista reconheceu que a equipe não teve um bom desempenho.

“Não sei porque o árbitro voltou atrás da decisão de deixar de apitar a penalidade. Mas isso não é desculpa porque o nosso time deixou a desejar hoje. Tomamos gols que não estamos acostumados a levar. Agora temos que levantar a cabeça e pensar no Flamengo sábado. O importante é que estamos a dez jogos sem perder” avaliou.

Na mesma linha, o goleiro Paulo Victor afirmou que o sistema defensivo cometeu algumas falhas. Ele também discordou da decisão da arbitragem de não marcar uma penalidade para o Grêmio.

“Nós cometemos algumas falhas e tivemos forças para reagir na partida. Achei que foi pênalti no final do jogo. Se o árbitro achou que o toque foi sem querer, temos que respeitar a decisão”, comentou.

Suspensos, Pedro Geromel, Kannemann e Alisson não atuam neste sábado contra o Flamengo, às 19h (de Brasília), no Maracanã, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. De quebra, o técnico Renato Portaluppi completou 200 jogos hoje na sua atual passagem pelo Tricolor Gaúcho. Foram 105 vitórias, 55 empates e 40 derrotas.

Futebol