Atual campeã, Halep é eliminada por americana de 17 anos nas quartas em Paris

Atualizado

Na última surpresa de uma edição de Roland Garros cheia delas na chave feminina, a romena Simona Halep, atual campeã em Paris e número 3 do mundo, foi eliminada nas quartas de final pela norte-americana Amanda Anisimova, de 17 anos e 51ª colocada no ranking da WTA, por 6/2 e 6/4, nesta quinta-feira (6).

Atual campeã no saibro francês, Simona Halep foi eliminada nesta quinta – Reprodução/Instagram

Com o triunfo, Anisimova se tornou a mais jovem norte-americana a ser semifinalista em Roland Garros desde que Jennifer Capriati atingiu esse estágio quando tinha 14 anos em 1990. Ela ainda não perdeu um set após cinco jogos disputados em Paris, sendo que em 2016, com 14 anos, foi vice-campeã da chave de juvenis do evento.

No confronto com Halep, Anisimova disparou 25 winners, nove a mais do que a ex-número 1 do mundo. Ainda converteu quatro break points, tendo salvado seis dos sete da romena.

A primeira semifinal de Grand Slam da carreira de Anisimova também será contra uma estreante nesta fase. Será a australiana Ashleigh Barty, a número 8 do mundo, que superou a norte-americana Madison Keys, a 14ª colocada no ranking, por 6/3 e 7/5.

Barty é mais velha do que Anisimova – tem 23 anos -, mas teve uma pausa de dois anos na sua carreira para se dedicar ao críquete. Ela havia avançado às quartas de final do Aberto da Austrália em janeiro e agora deu um passo além. Diante de Keys, semifinalista em Paris no ano passado e vice-campeã em 2017 do US Open, viu a oponente cometer 52 erros não-forçados, contra os 33 dela.

As semifinais da chave feminina de Roland Garros serão disputadas na sexta-feira. E será entre a britânica Johanna Konta, a número 26 do mundo, e a checa Marketa Vondrousova, de 19 anos e apenas a 38ª colocada no ranking. Assim como Anisimova e Barty, elas também nunca participaram de uma decisão de Grand Slam.

Como um dia inteiro da programação, a quarta-feira, perdido por causa da chuva, as semifinais femininas, normalmente realizadas na quadra principal do complexo de Roland Garros na quinta, serão disputatadas simultaneamente na sexta, na segunda e terceira maiores quadras, enquanto a maior sediará as semifinais masculinas, incluindo o sempre aguardado confronto entre Rafael Nadal e Roger Federer.

Mais conteúdo sobre

Tênis