Escudo: Avaí
AVA Avaí
Escudo: Santos
SAN Santos
Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC) - 06/11/2019 às 21h00

Avaí perde a 6ª seguida e pode ser rebaixado na próxima rodada

O Avaí até jogou bem, mas voltou a decepcionar no estádio da Ressacada ao perder para o Santos por 2 a 1, na noite desta quarta-feira (6), no estádio da Ressacada.

Foi a 20ª derrota do Leão da Ilha que, diante dessa campanha, poderá ser rebaixado matematicamente na próxima rodada, em duelo contra o Botafogo.

Avaí x Santos, pela Série A 2019 – Foto: Frederico Tadeu/Avaí FC/divulgaçã

O jogo

O Avaí chegou para a partida diante do Santos assumidamente com o espírito de quem precisara jogar pela “honra”. Aliás, aconteça o que acontecer daqui para frente nesta Série A, essa será a grande máxima azurra na competição uma vez que está afundado na lanterna.

Para o jogo diante do Santos, uma das atrações desta Série A, o técnico Evando Camillato promoveu a sexta equipe diferente em seus seis jogos a frente do clube. Os primeiros minutos de jogo, inclusive, já trataram de mostrar que foi uma escolha (mais uma vez) equivocada.

Apesar de uma tentativa de Jonathan, com 40 segundos de bola rolando, o Santos impôs seu jogo, colocou dez jogadores no campo de ataque e não precisou de tempo – e tampouco força – para superar a defesa do Avaí postada com três zagueiros.

Primeiro escanteio cobrado, jogada ensaiada do alvinegro praiano onde a bola se ofereceu, na segunda trave, para Eduardo Sasha dominar e mandar para rede de Lucas Frigeri. 1 a 0 com oito minutos de bola rolando.

O segundo do Santos não tardou e, assim como no primeiro tento, não exigiu muita força do time adversário. Pedro Castro tentou um drible no meio-campo, foi desarmado por Eduardo Sasha que rolou para Marinho, em sua jogada tradicional: recebeu no lado esquerdo, cortou para o meio, abriu o espaço e mandou de pé canhoto, sem chance para Frigeri.

Foi preciso o 2 a 0 contra para que Evando mudasse o time. Ele tirou o zagueiro Zé Marcos e mandou João Paulo. Em seu segundo lance, o meia aproveitou um rebote na entrada da área e, em uma chicotada de pé direito, mandou no ângulo de Everson. Um golaço.

João Paulo, com a 19, comemora um golaço na Ressacada – Foto: Frederico Tadeu/Avaí FC

O time do Avaí passou a incomodar mais o adversário depois desse momento e quase chegou ao empate com o endiabrado Jonathan.

11 x 10 na segunda etapa

A segunda etapa mudou tudo. Além de uma outra postura adotada pelo Leão da Ilha, o time de Jorge Sampaoli não repetiu o ímpeto inicial.

O time da casa passou a ter o domínio dos lances e, pouco a pouco, foi ganhando terreno. Aos 15’ da segunda etapa o volante Alison errou um passe, Luanderson aproveitou e rapidamente lançou o jovem Jonathan que acelerou e, a dois passos da grande área, foi derrubado por Gustavo Henrique. O árbitro, após chancela do VAR, expulsou o zagueiro santista.

Apesar da vantagem numérica, o Avaí não conseguiu tirar proveito. Sem o espaço encontrado na primeira etapa, o Leão da Ilha esbarrou na falta de criatividade, mais uma vez.

Além de não aproveitar a condição de 11 x 10, o time de Evando igualou o número de jogadores ao ver Léo tomar o segundo amarelo.

Fim de jogo, a 20ª derrota do Avaí na Série A.

Próxima parada

O Avaí volta à Série A em reencontro com o ex-técnico Alberto Valentim, a frente do Botafogo. O duelo fecha a rodada 32, na segunda-feira (11), às 20h. Já o Santos visita o Goiás, no sábado, às 17h.

Ficha técnica

Avaí: Lucas Frigeri; Eduardo Kunde, Betão e Zé Marcos (João Paulo); Léo, Pedro Castro, Richard Franco, Luanderson (Vinicius Araújo), Julinho (Gegê) e Igor Fernandes; Jonathan. Técnico: Evando Camillato.

Santos: Everson; Pará, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Jorge; Diego Pituca, Carlos Sanchez (Derlis Gonzáles), Felipe Jonatan (Alison) e Soteldo (Luiz Felipe); Marinho e Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli.

Gols: João Paulo (34/1T); Eduardo Sasha (8/1T), Marinho (23/1T)

Cartões amarelos: Léo (2x), Luanderson, Gegê, Richard Franco, Igor Fernandes (AVA); Gustavo Henrique, Luiz Felipe (SAN)

Cartões vermelhos: Léo (AVA); Gustavo Henrique (SAN)

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ); auxiliado por Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ).

Local: estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC). Data: 06/11/19.

Lances da partida

Mais conteúdo sobre

Futebol