Avaí vai ao STJD contra o Flamengo para reaver direito como visitante

Atualizado

O Avaí acionou o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), por meio de uma medida cautelar, para resolver a situação envolvendo a comercialização de ingressos para o duelo entre Flamengo x Avaí, na noite desta quinta (5), no estádio Maracanã.

Maracanã lotado e em rubro-negro é uma regra em 2019 – Foto: (Foto: Bruno de Lima/Lancepress!)

O rubro-negro carioca, alegando que o clube catarinense não exerceu seu direito em tempo hábil, comunicou que a partida não contaria com torcida visitante e, essa maneira, repassou a carga de ingressos correspondentes ao seu torcedor.

Leia também

A bola vai rolar apenas a partir das 20h desta quinta, mas ao que parece esse duelo entre o líder e o lanterna começou muito antes. O Avaí, mediante nota e esclarecimento ao seu torcedor, revelou que entrou com uma medida cautelar junto ao STJD.

No documento, assinado pelo advogado Osvaldo Sestário Filho. o Leão da Ilha pede que o Flamengo suspenda a “ordem de não haver local de visitante, determinando o restabelecimento do local ao visitante e de comercializar ingressos a torcida visitante, sob pena de multa a ser valorada pelo STJD”.

Dentre as argumentações usadas na peça estão a de que o Avaí, quando mandante, jamais exigiu qualquer tipo de antecipação em relação ao Flamengo. O Leão da Ilha ainda reivindica seu direito de ter um setor para o seu torcedor e tratou como “decisão unilateral” do Flamengo ao de destinar ingressos aos visitantes.

Flamengo teria oferecido uma proposta

Ainda de acordo com a nota emitida pelo Leão da Ilha, na última semana o Flamengo fez uma proposta para o Avaí, sugerindo a venda do espaço destinado ao setor visitante.

Segundo a nota, “em respeito aos seus torcedores”, o representante de Florianópolis na Série A teria rejeitado a oferta. O texto fala ainda em “surpresa e indignação” azurras pela postura adotada pelo clube carioca.

Seguem, enumeradas, as manifestações azurras:

Diante destes fatos, manifesta-se o Avaí Futebol Clube no sentido de:

  1. Informar ao seu torcedor que protocolou pedido junto ao STJD para que se restabeleça a venda dos ingressos ao setor visitante. Tomará todas as medidas jurídicas disponíveis para a reparação dos inúmeros danos que a decisão descabida do Flamengo traz ao clube e sua torcida;
  2. Alertar as autoridades competentes, assim como à CBF e ao próprio Flamengo, que existe um número expressivo de torcedores no Avaí no Rio de Janeiro para assistir à partida desta noite. Os responsáveis por esta decisão são também responsáveis pelos riscos à integridade física destes torcedores.
  3. Lamentar o não cumprimento da política de reciprocidade. Ainda na semana passada vimos diretores do Flamengo esbravejarem contra a decisão de torcida única na partida contra o Palmeiras. E agora? Exige-se reciprocidade mas não adota na prática o seu discurso?
  4. Lamentar que essa decisão deve-se a uma disputa com a torcida rival pelo maior público do ano. Será que, em nome da rivalidade, deve o Flamengo deixar de lado valores éticos e morais? Esse é o “novo” que tanto se propala?

Rubro-negro alega “seu direito”

Ainda na última quarta-feira (4), por volta das 19h, o Flamengo divulgou um placar parcial da venda dos seus ingressos que, naquele instante, apontava para mais de 55 mil torcedores confirmados.

No início da manhã seguinte, o perfil Nação Rubro-Negra, que responde pelo programa de sócio-torcedor do clube, informou a liberação de três mil ingressos extras para o seu torcedor.

O jornalista Venê Casagrande, do Jornal O Dia, publicou uma nota do Flamengo onde o clube justifica a decisão de ter repassado ingressos destinados ao setor visitante, à sua nação.

“O Clube de Regatas do Flamengo comunica que irá vender para a sua torcida a carga de bilhetes originalmente destinada ao Avaí, uma vez que o clube catarinense não exerceu, em tempo hábil, seu direto a cota de ingressos, como prevê o artigo 86 do RGC 2019”

O artigo 86 do Regulamento Geral das Competições 2019 informa que:

O clube visitante terá o direito de adquirir, com pagamento prévio, a quantidade máxima de ingressos correspondente a 10% (dez por cento) da capacidade do estádio ou da capacidade permitida pelos órgãos de segurança, desde que se manifeste em até 3 (três) dias úteis antes da realização da partida através de ofício dirigido ao Clube mandante, obrigatoriamente com cópia às Federações envolvidas e à DCO.

Jogo marcado para as 20h

Flamengo e Avaí entram em campo às 20h, em duelo válido pela 37ª rodada da Série A. Se o duelo não tem mais nada em jogo no que diz respeito a tabela de classificação, aponta para alguns valores simbólicos.

O time da casa, por exemplo, se despede do seu torcedor na última partida marcada ao lado dele, antes do Mundial Interclubes da FIFA que, para o representante da América do Sul, começa no dia 17.

Futebol