Escudo: Avaí
AVA Avaí
Escudo: Fluminense
FLU Fluminense
Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC) - 01/12/2019 às 16h00

Avaí busca empate no final, mas aumenta seu jejum na Série A

O Avaí empatou em 1 a 1 com o Fluminense, na tarde deste domingo (1), em Florianópolis (SC). Com o resultado o time, que não muda mais de posição na competição, chegou a 19 pontos e, ao menos, impediu a fuga matemática do tricolor carioca.

Gilberto, do Flu x Franco, do Avaí; jogo ruim na tarde deste domingo, em Florianópolis (SC) Foto: ESTADÃO CONTEÚDO/ND

História do jogo

O Avaí, mais lanterna do que nunca, chegou para o compromisso diante do Fluminense para, mais uma vez, tentar melhorar em relação a si mesmo. O técnico Evando Camillato, há 11 jogos a frente do clube, se debruçou na necessidade e na esperança de conquistar sua primeira vitória.

Apesar de todas as limitações técnicas do Leão, Evando não pode ser acusado ou questionado por omissão. Correto, ou não, a verdade é que o comandante azurra entrou com o 12º time diferente para o duelo deste domingo (1), no estádio da Ressacada.

Primeiro tempo

O Avaí, como de praxe ao longo da Série A, começou bem o jogo. Com um comportamento mais incisivo, aproveitou o vento a favor para marcar o adversário em cima e, tentar estocadas.

Na mais perigosa delas o meia João Paulo bateu escanteio aberto, a força do vento empurrou ela na direção do gol e quase surpreendeu o goleiro Marcos Felipe.

Mas foi só já que o Fluminense, a partir daí, adiantou suas linhas, apertou a marcação e, em questão de pouco tempo, chegou ao gol. Jogada do lateral Gilberto, pela direita, que cruzou na medida para Marcos Paulo, em lance de contorcionismo, mandar de cabeça.

A bola ainda tocou na trave, no “morrinho” e morreu no fundo da rede do goleiro Vladimir. Festa da torcida visitante que compareceu em grande número, no Sul da Ilha.

Segundo tempo duro 

O jogo, que já era fraco tecnicamente no primeiro tempo, ficou ainda pior no segundo. Muitas faltas, erros de passe e pouco tempo de bola rolando. Em dado momento a porcentagem chegou a 50% – a FIFA indica 66%, pelo menos, para o bem do espetáculo.

O lance de maior força aconteceu no final e resultou em gol – episódio raro para o Avaí nesta Primeirona. Jonathan recebeu uma bola dentro de área, com um tapa tirou dois marcadores antes de ser derrubado. Pênalti.

João Paulo bateu e o goleiro Marcos Felipe pegou. A cobrança, no entanto, teve que ser repetida já que o arqueiro tricolor se adiantou, em lance flagrado pelo VAR.

João Paulo foi, mais uma vez, para a bola e não desperdiçou. Foi o 5º gol dele na Série A, o artilheiro do Avaí na competição.

Próxima parada

O Avaí volta ao campeonato brasileiro na quinta-feira (5), contra o Flamengo, no estádio Maracanã. Já o Fluminense, um dia antes, recebe o Fortaleza, também no palco mais simbólico do futebol mundial.

Ficha técnica

Avaí: Vladimir; Léo (Gabriel Lima), Marquinhos, Kunde e Ramon; Franco, Wesley e Marcinho (Vinícius Araújo); Jonathan, João Paulo e Caio Paulista (Lourenço). Técnico: Evando Camillato.

Fluminense: Marcos Felipe; Gilberto, Nino, Lucas Claro e Caio Henrique; Yuri, Allan (Igor Julão), Dodi; Yony González, Marcos Paulo (Guilherme) e Nenê (Pablo Dyego). Técnico: Marcão.

Gols: Marcos Paulo (35/1T); João Paulo (46/2T)

Cartões amarelos: Léo, Franco, Wesley, João Paulo (AVA); Marcos Felipe, Luccas Claro, Nenê, Guilherme, Marcão (FLU)

Arbitragem: Daniel Nobre Bins (RS); auxiliado por Lucio Flor (RS) e André da Silva Bitencourt (RS).

Local: estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC). Data: 01/12/19.

Lances da partida

Futebol