Conteúdo por Gazeta Esportiva

Barcelona sofre para vencer o lanterna e mantém distância para Real Madrid

Atualizado

Na manhã deste sábado, o Leganés recebeu o Barcelona no Municipal de Butarque, pela 14ª rodada do Campeonato Espanhol. Os visitantes tiveram dificuldades e saíram atrás, mas conseguiram se impor na segunda etapa e garantiram a vitória por 2 a 1. Depois que Youssef En-Nesyri inaugurou o marcador, Suárez e Vidal foram às redes para o time catalão.

Com o resultado, os comandados Ernesto Valverde seguem na liderança da competição, três pontos na frente do vice Real Madrid. Os anfitriões, por sua vez, conheceram sua décima derrota e seguem estacionados na lanterna, com um ponto.

Querendo manter a boa campanha na Liga dos Campeões, o Barça volta a campo nesta quarta-feira, às 17 horas (de Brasília), contra o Borussia Dortmund, no Camp Nou. Do outro lado, o Leganés terá três semanas livres para se preparar para o duelo contra o Sevilla, domingo, às 8 horas (de Brasília), no Ramon Sanchez-Pizjuanconta.

Diferente do esperado, o lanterna do Espanhol começou pressionando o poderoso Barcelona, que permitia o Leganés avançar sua marcação e apostava nos contra-ataques em velocidade. No entanto, a estrategia falhou. Com 11 no relógio, a equipe de Madrid teve sua primeira chance e balançou as redes. En-Nesyri recebeu na entrada da grande área, fintou o marcador e anotou um golaço de canhota.

O Barcelona assumiu uma postura mais ofensiva e respondeu aos 22 minutos. Lionel Messi achou Suárez, que tentou duas vezes para o gol, mas mandou para fora. Apesar da insistência e dos 70% de posse de bola, os catalães não conseguiam passar pelo seguro goleiro Cuéllar.

Na volta do vestiário, os visitantes acertaram a trave logo no primeiro minuto. Messi cobrou escanteio na segunda trave, Piqué subiu no terceiro andar e cabeceou na trave. Em nova tentativa de bola parada, o camiseta 10 achou Suárez sozinho dentro da grande área. Como de praxe, o uruguaio não desperdiçou e, finalmente, deixou tudo igual.

Desesperado para manter a distância de três pontos sobre o Real Madrid, Valverde tirou De Jong, volante, e promoveu a entrada do atacante Ansu Fati. Com a equipe inteira dedicada ao ataque, o sistema defensivo do Leganés não aguentou e sofreu mais um. Em um erro crasso do zagueiro, Vidal, que estaria em posição de impedimento se tivesse sido recebido do adversário, ficou cara a cara com o arqueiro e mostrou categoria para dar números finais ao jogo.

Abaixo, confira o resultado do outro jogo deste sábado:

Betis 2 x 1 Valencia

Futebol