Conteúdo por Gazeta Esportiva

Barty comemora liderança do ranking da WTA: “Inacreditável”

Depois de um período longe das quadras, a australiana Ashleigh Barty, de 23 anos, retornou ao circuito internacional do tênis há três anos disposta a retomar a carreira e voltar a figurar entre as principais atletas do mundo. Agora, a jovem conquistou o feito tão esperado e assumiu a liderança do ranking da WTA após o título do Aberto de Birmingham.

A conquista, assim que confirmada, foi muito comemorada por Barty, que disse ser “inacreditável”. Apenas na atual temporada, a tenista venceu títulos no piso duro em Miami, no saibro no Grand Slam de Roland Garros e, agora, também na grama com a conquista em Birmingham.

“Você sempre sonha em ser a número 1 quando é uma criança, mas quando isso acontece é algo inacreditável”, disse Barty. “O número um não era um objetivo que estivesse na minha lista para esta temporada. A meta era chegar ao top 10. Mas atingir o topo é o testemunho do que as pessoas que estão comigo têm feito nestes três anos. Começamos sem sequer uma classificação no ranking, e então chegar lá em cima é um feito gigantesco”, completou.

No último domingo, a atleta australiana derrotou Julia Goerges por 2 sets a 0, com parciais de 6-3 e 7-5, em uma hora e 28 minutos de partida, conquistou o ATP e engatou sua 12ª vitória consecutiva no circuito. “É a jornada mais que incrível para mim e para o time todo. Não poderia chegar neste momento diante de uma adversária melhor. Julia (Goerges) é uma das minhas melhores amigas e ela tem estado a meu lado”, ressaltou Barty.

Tênis