Conteúdo por Gazeta Esportiva

Barty vence Svitolina e conquista o WTA Finals

A australiana Ashleigh Barty derrotou a ucraniana Elina Svitolina por 2 sets a 0 (parciais de 6/4 e 6/3) para conquistar o WTA Finals em Shenzhen, na China. Estreante na competição, a Nº1 do ranking manteve superioridade durante todo o confronto e precisou de 1h27 para confirmar o título.

Com 23 anos, Barty caminha para fechar 2019 com chave de ouro. A temporada é a melhor da carreira da tenista, com sua primeira conquista de Grand Slam, em Roland Garros, o troféu do WTA Finals e a inédita liderança do ranking mundial.

O título também foi um importante marco para o tênis feminino da Austrália, que não tinha uma representante conquistando o torneio desde 1976. Barty se tornou a única tenista do país, ao lado Evonne Goolagong Cawley, e a quinta estreante a ganhar o WTA Finals.

A vitória também foi a primeira da australiana sobre Svitolina, Nº8 no ranking e que já havia derrotada a campeã em outras cinco oportunidades. Barty foi superior no serviço e na recepção, ao todo quebrando o saque da ucraniana quatro vezes.

Mais conteúdo sobre

Tênis