Battistotti revela bastidor no Avaí e conta que Alberto Valentim foi indicado por Geninho

Atualizado

Alberto Valentim, novo técnico do Avaí – Frederico Tadeu/ND

“Se tu me permitir eu ligo para ele. Foi aí que ele ligou para o Alberto [Valentim] e ajudou na decisão dele de vir para cá”. Essa frase é o pequeno relato do presidente do Avaí, Francisco Battistotti, que abriu a coletiva de apresentação do novo técnico azurra, na tarde desta quarta (19), contando o bastidor do último final de semana, onde o então técnico Geninho, antes de confirmar sua saída, garantiu o nome e a chegada do seu substituto.

Leia mais

O ex-técnico do Avaí, Geninho, foi embora de Florianópolis com mais de 100 jogos a frente do clube, dois acessos, um título estadual e, não satisfeito, ainda um técnico “contratado”. O então treinador, antes de sair, se certificou de um novo nome, indicou e ainda fez o contato.

“Eu estava no Rio de Janeiro quando recebi uma ligação do Geninho que perguntou onde eu estava e respondi que ficaria por lá até aparecer uma proposta de trabalho, foi aí que ele me disse ‘acabou de aparecer’. Estou me desligando do Avaí e queria te indicar para o presidente”, relatou Alberto Valentim corroborando a história de Battistotti.

Logo após a derrota para o Palmeiras por 2 a 0, na última quinta-feira, ainda em São Paulo, o técnico Geninho reuniu-se com a cúpula azurra e colocou seu cargo a disposição. No início da madrugada de sexta-feira, após cerca de meia-hora de conversa, o então treinador foi demovido da ideia.

No domingo seguinte Geninho voltou a procurar Battistotti para revelar seu respeito e seu zelo para com o clube e falou na sua saída. O presidente azurra foi convencido depois de ouvir, do técnico Geninho, o nome de Alberto Valentim como seu substituto.

“Eu quero confessar a vocês que depois da derrota para o Vasco [jogo de volta da 3ª fase da Copa do Brasil onde o cruzmaltino venceu por 1 a 0 no estádio da Ressacada] nós falamos da qualidade do Valentim”, contou ainda o presidente.

O mandatário azurra ainda disse que só não anunciou o novo comandante da casamata azurra no domingo em função do seu respeito com Geninho. A decisão, a essa altura, fora confirmada mais de 48h antes do anúncio oficial da chegada de Alberto Valentim.

Alberto Valentim e Geninho, pela Copa do Brasil 2019. – Frederico Tadeu/Avaí FC/divulgação

O novo técnico, ao lado do seu auxiliar Fernando Miranda, reapresenta-se na próxima segunda-feira antes do embarque para Águas Mornas, onde o clube fará sua preparação para a retomada da Série A.

O Avaí é 20º colocado com 4 pontos somados e nenhuma vitória conquistada. O time entra em campo no dia 13 de julho, sábado, no Ceará, contra o Fortaleza, às 21h.

Futebol