Conteúdo por Gazeta Esportiva

Benfica perde amistoso em casa na despedida de Jonas

Atualizado

Conforme anunciado na última terça-feira, o brasileiro Jonas se despediu do futebol nesta quarta-feira com duelo amistoso. No Estádio da Luz, em Lisboa, o Benfica foi derrotado pelo Anderlecht, da Bélgica, na última partida do atacante, ídolo da torcida.

Jonas atuou apenas dez minutos em sua despedida dos gramados. Em gesto simbólico, o atacante foi substituído logo aos dez minutos de jogo em referência ao número de sua camisa. Ele passou a faixa de capitão para o também brasileiro Jardel, foi cumprimentado pelos companheiros e recebeu caloroso aplauso da torcida.

Depois da saída de Jonas, o Benfica acabou sofrendo dois gols em curto período de tempo. Aos 35 minutos, o Anderlecht abriu placar com gol contra do zagueiro Jardel. Aos 40, Thelin ampliou. O gol de honra do time local foi aos 23 minutos da etapa final, com Chiquinho.

O Benfica atuou com: Zlobin (Svilar) (Odysseas); Salvio (João Ferreira), Ferro (Rúben) (Pedro Álvaro), Jardel (Conti) e Grimaldo (Samaris) (Cervi); Florentino (Fejsa), Gabriel (David Tavares), Caio Lucas (Nuno Tavares) (Nuno Santos) e Taarabt (Pizzi) (Rafa); De Tomás (Jota) (Seferovic) e Jonas (Tiago Dantas) (Jhonder) (Chiquinho).

Jonas se despediu do futebol com 575 partidas disputadas e 293 gols marcados. Pelo Benfica, ele disputou 183 partidas e marcou 137 gols, sendo o maior artilheiro estrangeiro da história do clube. O atacante também passou por Guarani, clube que o revelou, Santos, Grêmio, Portuguesa, Valencia e pela Seleção Brasileira.

Futebol