Conteúdo por Gazeta Esportiva

Borja marcou e foi pivô de confusão na última vitória do Palmeiras em Itaquera

Borja marcou o gol e se envolveu em confusão na última vitória alviverde em Itaquera (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O Palmeiras tem clássico contra o Corinthians neste domingo, às 19h, em Itaquera. Para vencer o rival, Felipão espera contar com o colombiano Borja, que voltou a marcar gols nos últimos jogos da Libertadores. O atacante foi o autor do gol da última vitória do Verdão na casa alvinegra, mas é dúvida para este final de semana por conta de um entorse no pé esquerdo.

O reencontro de Borja com as redes anima a torcida alviverde, que há tempos contesta o desempenho dos centroavantes do elenco. Com a crescente do colombiano e o Dérbi por vir no final de semana, fica a expectativa de repetir o feito do jogo de ida da final estadual de 2018, quando ele foi às redes e deu a vitória ao Palmeiras em plena Arena Corinthians.

A partida foi tensa em Itaquera. Mas o elenco alviverde pôde comemorar logo cedo, aos oito minutos da primeira etapa, quando Borja balançou as redes. Depois da bola bater na trave na tentativa de cruzamento de Dudu, o camisa 9 recebeu passe de Willian e apenas empurrou para o gol vazio.

A partida marcava o retorno de uma final com Corinthians e Palmeiras, que não acontecia desde 1999. E a decisão teve cara de clássico pegado. Nos acréscimos do primeiro tempo, Borja chegou forte no zagueiro Henrique e os ânimos aumentaram. O que era apenas uma discussão entre ambos, virou uma briga generalizada, e acabou com Felipe Melo e Clayson expulsos. O colombiano levou apenas o amarelo pela falta.

O Palmeiras acabou confirmando a vitória em Itaquera, mas no jogo de volta não foi dos melhores. O Corinthians deu o troco, venceu também por 1 a 0 no Allianz Parque e a decisão foi para os pênaltis. Dudu e Lucas Lima perderam as suas cobranças e o título ficou com o Alvinegro, com vitória por 4 a 3 nas penalidades.

Neste ano, Borja amargurava a reserva do Palmeiras até o jogo de ida contra o Godoy Cruz, pelas oitavas de final da Libertadores. Foi então que Felipão o escalou de titular, e o colombiano correspondeu anotando um gol no empate em 2 a 2 na Argentina. No jogo de volta, no Allianz Parque, o camisa 9 do Verdão voltou a marcar e ajudou a equipe encaminhar a vitória por 4 a 0 e a classificação para as quartas.

Apesar das cinco vitórias corintianas na casa alvinegra, o Verdão costuma ser adversário perigoso quando atua fora de casa no Dérbi. O Palmeiras é o maior algoz do Corinthians em Itaquera, com três vitórias conquistadas. As equipes ainda ficaram no empate em uma oportunidade.

Futebol