Conteúdo por Gazeta Esportiva

Botafogo busca reforços para o ataque

Prioridade do clube é um centroavante (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

A diretoria do Botafogo não perdeu as esperanças de contratar reforços para a sequência da temporada. A chegada de um meia e de dois atacantes é a prioridade na visão do técnico Eduardo Barroca e do restante da comissão técnica. Um centroavante é a prioridade. O clube se viu frustrado ao perder no último dia da janela de transferências internacionais a possibilidade de contar com Nicolás Blandi, do San Lorenzo da Argentina.

Para o comando do ataque o Botafogo tenta Denilson, de 24 anos, que tem os direitos federativos ligados ao Atlético-MG e está emprestado ao Al-Faisaly FC, da Arábia Saudita. Revelado nas categorias de base do Fluminense, o jogador passou pelo São Paulo e pelo Granada da Espanha. Uma primeira sondagem foi feita pelo Glorioso, porém, o jogador tem propostas de clubes da China e a transação não seria fácil.

William Pop, de 26 anos, foi oferecido. O jogador vem se destacando na Série B do Campeonato Brasileiro pelo Figueirense. O diretor de futebol do Botafogo, Anderson Barros, está à frente da negociação pelo bom relacionamento com o clube catarinense.

Dentro de campo o elenco ganhou folga nesta segunda-feira e volta a trabalhar nesta terça-feira em uma clima mais leve depois da vitória de 2 a 0 sobre o Avaí, em Santa Catarina. Com 19 pontos, o Glorioso pretende alcançar o G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores. Para isso precisa, como primeiro passo, derrotar o Athletico Paranaense no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. A preparação para este jogo começa nesta terça-feira, mas a escalação será definida nas últimas atividades da semana.

Mais conteúdo sobre

Futebol