Conteúdo por Gazeta Esportiva

Bottas lidera treino livre marcado por incidente entre Hamilton e Verstappen

Atualizado

A Mercedes segue dominante no circuito de Paul Ricard, na França. Depois de Lewis Hamilton liderar a primeira sessão desta sexta-feira, Valtteri Bottas deu o “troco” no atual campeão mundial e terminou os treinos livres da Fórmula 1 com o melhor tempo. O finlandês terminou com 1min30s937, enquanto o inglês ficou logo atrás, a 0s424. Charles Leclerc e Sebastian Vettel completaram a segunda fila.

Apesar de não ter terminado na ponta, Lewis Hamilton terminou a sessão livre como protagonista. Isso porque o piloto se envolveu em um incidente com Max Verstappen após um erro nas curvas 4 e 5, que atrapalhou uma das voltas rápidas do piloto da Red Bull. Após o término do treino, a FIA prometeu investigar o caso a fundo, principalmente após a polêmica que marcou o GP do Canadá.

O primeiro a tentar uma volta rápida em Paul Ricard foi Daniil Kvyat. No entanto, o 1min35s683 conquistado a duras penas não foi nem de longe suficiente para a garantia de uma boa posição. Aos poucos, a Ferrari e principalmente a Mercedes, com seus principais carros na pista, tomaram para si o protagonismo e as primeiras posições da sessão de treinos livres.

Próximo a marca de meia hora de treino, Valtteri Bottas começou a dar pistas de que o tempo mais rápido era seu grande objetivo. Primeiro, o finlandês fez 1min32s478. Na sequência, ainda conseguiu melhorar seu tempo, ficando em primeiro com 1min31s669. Os maiores concorrentes, naquela momento, eram Max Verstappen e Lando norris, que terminou com a quinta melhor parcial.

Aos poucos, Lewis Hamilton deu sua resposta e deu início a uma briga interna pelo melhor tempo com Bottas. Depois de fazer a melhor parcial, o inglês acabou superado pelo companheiro de Mercedes, que fez 1min31s110. O atual campeão, Verstappen, Norris e Gasly cpmpletaram a lista dos quatro primeiros, separados por poucos milésimos de diferença.

Com metade da sessão, quem entrou na pista tentando voltas mais rápidas foi Charles Leclerc. Rapidamente, o jovem monegasco fez o terceiro melhor tempo, a oito décimos do líder. Foi então que Hamilton se envolveu no incidente que marcou o treino livre. Entre as curvas 3 e 4, o inglês saiu da pista e acabou atrapalhando a volta rápida de Verstappen, que também saiu do trajeto.

Nos minutos finais, o domínio foi das três principais equipes da Fórmula 1. Quem se destacou, no entanto, foi lando Norris, que terminou com o quinto melhor tempo e pode surpreender com a McLaren entre os primeiros no grid de largada caso repita o desempenho.

Mais conteúdo sobre

Mais Esportes