Conteúdo por Gazeta Esportiva

Brasil bate República Dominicana e garante vaga nas Olimpíadas de Tóquio

Seleção vai em busca de seu terceiro ouro olímpico (Foto: Divulgação/CBV)

Neste sábado, a Seleção Brasileira de vôlei feminino enfrentou a República Dominicana pelo Pré-Olímpico e, após um duelo eletrizante e muito equilibrado, conquistou a vitória por 3 sets a 2 (parciais de 25/22, 25/19, 23/25, 18/25 e 15/10), em 2h15 de partida.

Com o resultado, portanto, a equipe comandada por José Roberto Guimarães garante vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, em 2020, e segue em busca do seu terceiro ouro.

As duas equipes chegaram ao confronto em condições iguais, e quem vencesse, carimbava o passaporte para Tóquio. Assim, o duelo foi nervoso desde o início. O começo foi favorável ao Brasil, que teve no seu paredão o principal trunfo para frear o ataque da República Dominicana.

Após fechar o primeiro set, a Seleção Brasileira começou a segunda parcial um pouco desatento, e viu as adversárias abrirem 4 a 1 logo de cara. Na sequência, contudo, o time retomou o bom desempenho e com dificuldades na marcação, a República Dominicana não conseguiu reagir.

No entanto, a partir da terceira parcial, o jogo virou. O ataque brasileiro errava muito, ao passo que as dominicanas apresentavam, além de muita vontade, uma grande leitura de jogo. Assim, conseguiram a vitória em um set extremamente equilibrado.

Na quarta parcial, o Brasil parece ter sentido um pouco o crescimento das adversárias, que aproveitaram um momento de fraqueza brasileiro para aumentar ainda mais o ritmo e levar o jogo para o tie-break. No set decisivo, contudo, o Brasil dominou, e com grandes atuações de Mara, Natália e Tandara, garantiu a vaga em Tóquio.

Mais conteúdo sobre

Vôlei