Conteúdo por Gazeta Esportiva

Brasil derrota o Vitória e se distancia do Z-4 da Série B

Atualizado

O Brasil de Pelotas venceu neste sábado pela manhã o Vitória por 1 a 0 no Estádio Bento Freitas pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Depois do revés diante do Vila Nova, o Xavante se reabilitou e se distanciou da zona da degola. Cristian foi autor do único gol aos 43 minutos do primeiro tempo. De quebra, o técnico Bolívar consegue a sua primeira vitória desde que estreou no comando do time. Enquanto os baianos mostraram muita vontade e determinação, porém faltou mais criatividade do meio para frente.

Com o resultado, o Xavante pulou para a 11ª colocação, com 17 pontos. E o Vitória segue na penúltima posição, com 11 pontos.

Na próxima rodada o Xavante visita o Oeste no dia 08, quinta, às 21h30 (de Brasília), na Arena Barueri. Já o Vitória no dia 10, sábado, recebe o Paraná, às 19h(de Brasília), no Barradão.

Equipe consegue respirar na competição (Foto: Jonathan Silva/GEB)

O Jogo – Muitos erros de passes nesse começo de partida de ambos os times. Aos 09, Rafael Grampola invadiu a grande área, mas chutou torto para fora. Aos 12, Léo Gomes pegou um rebote de fora da área e obrigou Carlos Eduardo a fazer uma grande defesa.

Tanto Brasil de Pelotas e Vitória se mostram temerosos em atacar já que estão brigando para fugir do Z-4 da Série B. Passado mais de 20 minutos, a partida cresceu em emoção. Aos 21, Diogo Oliveira cobrou a falta no ângulo. Martin Rodriguez espalmou para escanteio. Aos 22, Diogo Oliveira bateu escanteio, a bola passou por todo mundo e Grampola finalizou de primeira. O arqueiro mandou para escanteio.

Um minuto depois foi a vez dos baianos darem a resposta, Wesley recebeu belo passe de Gedoz, invadiu a área e o goleiro Carlos Eduardo saiu em seus pés. O atacante pensou rápido e tocou por cobertura, a bola tocou no travessão antes de sair. Que chance os visitantes perderam de abrir o placar. Aos 24, Ricardo Luz cobrou a lateral, Grampola escorou e Murilo Rangel finalizou de primeira. Martin defendeu mais uma finalização.

Na parte final do primeiro tempo novamente a qualidade do jogo caiu e as equipes cometem vários erros de passe. Quando a partida estava morna, os donos da casa abriram o placar. Aos 43, Murilo Rangel faz um longo lançamento para Cristian que passou pelos dois defensores e finalizou rasteiro, sem chance para Martín. Aos 18 anos, o atacante faz o primeiro tento como profissional.

A etapa inicial começou com um jogo muito truncado, porém com o desenrolar da partida pintou oportunidades de gols para os dois times. Mas os mandantes foram mais competentes na chance que criaram.

Correndo atrás do prejuízo, os baianos se lançam para o ataque no segundo tempo. Por sua vez, o Brasil de Pelotas recuou as suas linhas e apostou nas jogadas de contra-ataque.

No setor ofensivo o Xavante não conseguiu ser muito produtivo. Quem se destaca é o garoto Cristian que se mostrou um atacante rápido e objetivo. Aos 18, Ricardo Luz cobrou escanteio com efeito, Washington subiu livre e cabeceou torto. A bola foi para fora sem perigo ao gol de Martin. O técnico Osmar Loss promove a estreia do atacante equatoriano Caicedo no lugar de Wesley. Aos 26, Felipe Gedoz cobrou falta com efeito e o goleiro Carlos Eduardo espalmou para escanteio.

A resposta do Brasil foi rápida, aos 27, Diogo Oliveira abriu na direita, Rafael Grampola dominou e tentou tirar do goleiro. O chute saiu raspando à trave direita do goleiro Martin. Sem criatividade no setor do meio-campo, o Vitória não conseguiu infiltrar na defesa do Brasil de Pelotas. Aos 31, Léo Gomes foi mais cedo para o chuveiro por falta em Diogo Oliveira. Aos 36, Gedoz cobrou escanteio e Caicedo cabeceou em cima do goleiro Carlos Eduardo que espalmou. No rebote, Leandro Leite afastou para escanteio. Aos 39, Murilo Rangel cruzou da direita e o zagueiro Bruno Aguiar desviou por cima do gol.

Mais na base da vontade, o Vitória bem que tentou o empate, mas parou em suas limitações e terá que lutar muito para fugir da zona do rebaixamento. Por outro lado, o triunfo para o Xavante dá um respiro ao time na competição.

Ficha Técnica

Brasil de Pelotas 1 x 0 Vitória

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas-RS

Data: 03 agosto (quinta-feira)

Horário: 11h(de Brasília)

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)

Assistentes: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Diogo Carvalho Silva (RJ)

Cartão amarelo: Leandro Leite, Leandro Camilo, Washington, Ednei (Brasil de Pelotas) Baraka, Léo Gomes (Vitória)

Cartão vermelho: Léo Gomes (Vitória)

Gol: Cristian (Brasil de Pelotas), aos 43 minutos do primeiro tempo

Brasil de Pelotas: Carlos Eduardo, Ricardo Luz, Leandro Camilo, Bruno Aguiar e Ednei, Leandro Leite, Washington (Eduardo Person), Diogo Oliveira e Murilo Rangel (Rodrigo Alves), Cristian (Elias) e Rafael Grampola.

Técnico: Bolívar

Vitória: Martin Rodríguez, Matheus Rocha, Ramon, Bruno Bispo e Capa (Lucas Cândido), Léo Gomes, Baraka e Felipe Gedoz (Thiaguinho), Wesley (Caicedo), Chiquinho e Anselmo Ramon.

Técnico: Osmar Loss

Futebol