Conteúdo por Gazeta Esportiva

Brasil quer reencontrar vitória contra o Peru na Copa América

Após empatar sem gols com a Venezuela, frustrando os torcedores, a Seleção Brasileira busca a recuperação na última rodada do Grupo A da Copa América. A meta é vencer o Peru em choque programado para este sábado, às 16h (de Brasília), na Arena Corinthians, em São Paulo.

Os dois times somam quatro pontos, mas o Brasil lidera a chave por conta dos critérios de desempate. Assim, o empate é suficiente para garantir um lugar nas quartas de final. Mas na verdade a busca é pelo triunfo para amenizar as cobranças e chegar com moral nas etapas eliminatórias do torneio. Os peruanos, embalados pelo triunfo de 3 a 1 sobre a Bolívia, também se classificariam com um empate.

Tite, treinador do Brasil, quer ver um time mais eficiente do que o que se apresentou diante da Venezuela. “Nós ficamos presos na marcação da Venezuela e precisamos melhorar neste aspecto, pois o Peru com certeza vai exigir ainda mais da nossa equipe. É um time que precisa ser ainda melhor monitorado para não nos surpreender”, avaliou o treinador.

Os jogadores sabem que para vencer será preciso uma forte movimentação. “Com certeza a seleção peruana vai ser mais uma a tentar fechar os espaços e impedir que a gente consiga jogar. Vamos precisar nos movimentar muito e, com velocidade, furar este bloqueio. Tudo isso sem ficarmos expostos”, disse o meia Philippe Coutinho.

Em termos de escalação, Tite teve uma boa notícia. O volante Arthur, recuperado de um pisão sofrido no pé esquerdo, vai a campo normalmente. Porém, pode ser que algumas mudanças aconteçam, principalmente no ataque, onde Richarlison e Roberto Firmino não estão agradando e acompanham Everton e Gabriel Jesus pedirem passagem.

Pelo lado do Peru, o técnico argentino Ricardo Gareca está preocupado em encontrar uma maneira de neutralizar os pontos fortes da Seleção Brasileira.

“A Seleção Brasileira do Tite tem um volume de jogo muito grande e a nossa equipe vai precisar saber neutralizar isso. Nosso time tem condições de fazer um bom jogo e conseguir a classificação, porém, isso passa por dois pontos: impedir que o Brasil consiga se impor e encointrar a melhor maneira de ganharmos o jogo, buscando os espaços certos na defesa deles”, disse Gareca.

Para este compromisso o Peru ainda não sabe se poderá contar com o zagueiro Carlos Zambrano, que vem se queixando de dores no músculo adutor da coxa direita. Caso ele seja vetado, a tendência é que seu posto seja assumido por Miguel Araujo.

Pelo regulamento da Copa América as equipes se enfrentam dentro de seus respectivos grupos em turno único. Ao fim, os dois primeiros colocados avançam para as quartas de final, assim como os dois melhores terceiros colocados.

FICHA TÉCNICA

PERU X BRASIL

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Data: 22 de junho de 2019 (Sábado)

Horário: 16h(de Brasília)

Árbitro: Fernando Rapallini (Argentina)

Assistentes: Hernan Maidana (Argentina) e Eduardo Cardozo (Paraguai)

PERU: Pedro Gallese, Luis Advincula, Luis Abram, Carlos Zambrano (Miguel Araujo) e Miguel Trauco; Yoshimar Yotún, Renato Tapia, Andy Polo e Christian Cueva; Jefferson Farfan e Paolo Guerrero

Técnico: Ricardo Gareca

BRASIL: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro, Arthur, Philippe Coutinho e David Neres (Gabriel Jesus); Richarlison (Everton) e Roberto Firmino

Técnico: Tite

Copa América