Conteúdo por Gazeta Esportiva

Brasil vence o Chile e fica perto da semi do vôlei masculino no Pan

Atualizado

Matheus e Abouba se destacaram pelo Brasil (Foto: Victor Calvo/Divulgação)

Dois jogos e duas vitórias. Essa é a campanha da Seleção Brasileira masculina de vôlei nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, onde está muito próxima de ir à semifinal. A equipe dirigida pelo técnico Marcelo Fronckowiak venceu o Chile por 3 sets a 1 (parciais de 25/22, 22/25, 25/16 e 25/17), depois de ter estreado com resultado positivo sobre o México, pelo mesmo placar.

Com uma boa distribuição do levantador Thiaginho, vários jogadores se destacaram na pontuação nesta partida. O oposto Aboubacar marcou 19 vezes, o central Matheus, 18, e o ponteiro Rodriguinho, 14. O ponteiro Lucas Lóh e o central Éder ainda fizeram 10 pontos cada um.

Após a partida, Rodriguinho elogiou o desempenho do time. “Jogamos menos do que gostaríamos na preparação e nosso ritmo de jogo vem sendo conquistado durante o campeonato. Treinamos muito, mas nunca é igual a um jogo. Hoje já corrigimos alguns erros que cometemos ontem e agora é crescer degrau por degrau e jogar cada vez melhor”, disse o ponteiro do Brasil.

O central Matheus comentou sobre a felicidade de estar representando o país em uma edição de Pan-Americano. “É a realização de um sonho estar na Seleção Brasileira. Estamos bem preparados para o campeonato. Não foi fácil chegar aqui e nos manter aqui é mais difícil ainda. Hoje foi uma boa vitória e estamos todos muito felizes”, afirmou o jogador.

O técnico brasileiro analisou a partida. “Tivemos um grande adversário do outro lado. O Chile teve méritos, venceu os Estados Unidos ontem, nos incomodou hoje, a comissão técnica tem feito um grande trabalho e eles estão evoluindo. Nós temos essa situação de jovens jogadores também do nosso lado, mas soubemos reagir quando necessário. De um modo geral, estamos caminhando bem”, concluiu Fronckowiak.

A equipe verde e amarela volta à quadra nesta sexta-feira, novamente às 22h30 (de Brasília) para enfrentar os Estados Unidos. O Brasil precisa vencer apenas dois sets para garantir o primeiro lugar de sua chave.

Pan 2019