Brasileiro leva o sul-americano de Windsurf, em Palhoça

Atualizado

O brasileiro Mateus Isaac e a venezuelana Carenys Salazar conquistaram os títulos do 2019 ISSO IFCA South American Slalom Championship, o maior evento de Windsurf das Américas encerrado neste domingo em Palhoça (SC).

Mateus Isaac dominou raia no domingo (3). Foto: Gabriel Heusi Heusi Action

Durante dois dias de regatas, mais de 30 velejadores de quatro países fizeram disputas intensas com ventos acima dos 20 nós na raia da Praia da Ponta do Papagaio.

As previsões se confirmaram e o vento Sul que chegou acompanhado de nuvens escuras ameaçadoras começou a soprar forte às 11h, deixando a raia mexida, com pequenas ondas. A comissão de regatas entrou em cena e montou um percurso mais curto, porém mais próximo da praia, o que possibilitou que o público pudesse sentir a emoção das disputas na raia.

Favorito ao título, o paulista Mateus Isaac voltou a vencer todas as baterias para faturar o titulo. O brasileiro ocupa a nona posição do ranking mundial e já retorna para São Paulo para embarcar rumo a Nova Caledônia, palco da última etapa do circuito mundial da PWA.

Festa para o campeão Mateus Isaac – Foto: Gabriel Heusi Heusi Action

“Estou muito feliz, venci todas as baterias e ainda pudemos várias o material, usando vela média e grande nos dois dias”, declarou Isaac.

Segundo colocado na classificação geral, o catarinense Wilhelm Schurmann foi o campeão da divisão Master, para velejadores acima dos 40 anos. Porém, na raia, a disputa de Schurmann era com o peruano Alessio Botteri, 21 anos, e o cearense Mathias Pinheiro, na briga pela segunda colocação geral, atrás de Isaac. Aos 43 anos, Schurmann mostrou que ainda tem muito para dar ao esporte

No feminino

No feminino, a venezuelana Carenys Salazar conquistou o bicampeonato sul-americano. A velejadora de Isla Margarita já havia sido campeã em 2016 em Aruba E foi imbatível na Ponta do Papagaio.

Pódio feminino na competição – Foto: Gabriel Heusi Heusi Action/divulgação

“Foi muito bom. Para dizer a verdade achei que seria muito mais difícil”, disse Carenys. O segundo lugar ficou com a brasileira Bruna Martinelli, enquanto a peruana Maria Belen Bazo acabou tendo problemas com equipamento e foi superada pela brasileira Giovanna Prada, que ficou em terceiro lugar.

Na divisão Youth, a vitória ficou com o gaúcho Guilherme Plentz. O velejador da ISSO Wind Xtreme chegou a ser ameaçado pelo peruano Raul Claux, mas o título foi garantido depois que as últimas duas finais da sexta série de bateria foi cancelada por falta de vento. Na divisão Grand Master, para velejadores acima de 50 anos, Murilo Carioni, sexto colocado no geral, ficou com o título.

Na cerimônia de premiação, o presidente da IFCA, o holandês Rubén Pretrisie agradeceu ao empenho da organização e dos atletas.

“Tivemos muita ação, até batidas, muitos velejadores quebraram seus equipamentos, mas foi um grande evento. Estou feliz de ter vindo para o Brasil para fazer o evento. Obrigado aos competidores por terem vindo e eu tenho certeza que vamos voltar e fazer regatas internacionais no Brasil”, declarou.

Classificação final

1º Mateus Isaac BRA 2.8 pontos perdidos
2º Wilhelm Schurmann BRA 9.0
3º Alessio Botteri PER 10.0
4º Mathias Pinheiro BRA 19.5
5º Lucas Trindade BRA 21.5
6º Murilo Carioni BRA  25.5
7º Jomilson Souza BRA 26.0
8º Christian Hackbart BRA 29.0
9º Ricardo Conde BRA  29.5
10º Pedro Loureiro BRA  29.5
11º Guilherme Plentz BRA 32.5
12º Raul Claux PER 33.5
13º Luiz Santi BRA 41.5
14º Emilio Strassburger 46.5
15º Felipe Broecker BRA  54.5
16º Marcio Santos BRA 56.0
17º Alexandre Soares BRA 60.0
18º Renato Pozolo BRA 61.0
19º Marvin Maurer BRA 61.0
20º Juan Luis Kruger PER 69.0
21º Felipe Mattos BRA 79.0
22º Rodrigo Noronha BRA 86.0
23º Carlos Alberto Isaac BRA 88.0
24º Fabio Kley dos Santos BRA 88.5 
25º Juan Carlos Fernandez BRA 102.0
25º Hidenari Mogi JAP 102.0
26º Luca Lari PER 102.0
 

FEMININO:

1ª Carenys Salazar VEN 3.5 pontos perdidos
2ª Bruna Martinelli BRA 8.7
3ª Giovanna Prada BRA 14.0
4º Maria Belén Bazo PER 18.0
5º Rosane Ferreira BRA 24.0

Mais Esportes