Bruno Fontes conquista a prata nos Jogos Pan-Americanos

Atualizado

Prata! O velejador Bruno Fontes, do Iate Clube de Santa Catarina, conquistou nesta sexta-feira (09) o vice-campeonato Pan-Americano em Paracas, sede das regatas de vela. O pódio fecha um ciclo brilhante do atleta, que anunciou sua aposentadoria logo após confirmar a prata na classe Laser Standard. Bruno passa a se dedicar a novos projetos como treinador da equipe chinesa de vela olímpica.

Bruno Fontes com seu barco com a bandeira brasileira conquistou a prata no Peru – Washington Alves/COB

“Não poderia escolher um cenário melhor para coroar minha carreira. Uma medalha pan-americana era algo que me faltava e ela veio na melhor hora possível. Um desfecho incrível. A lição que fica é que nunca devemos desistir dos nossos sonhos, independente do que aconteça. Fui persistente e com 39 anos celebro uma das maiores conquistas da carreira. Poder representar o meu país é algo que não se pode calcular”, revela Bruno Fontes.

A medalha de prata foi suada! O velejador iniciou o dia na terceira posição, atrás do americano Charlie Buckingham e do guatemalteco Juan Maegli. No dia com condição de vento mais forte, Bruno manteve a calma e largou bem ao lado dos concorrentes. “Tinha mais de vinte nós e foi uma regata bem dinâmica. Fiquei perto do ouro, depois da prata, depois do bronze. Ao final, consegui me posicionar bem para fechar a competição”, completa Bruno.

Medalha dedicada ao pai:

Aos 39 anos, Bruno viveu um momento delicado nesta temporada com a perda de seu pai, para quem dedicou a conquista. “Esse ano foi muito complicado com a perda do meu pai e essa medalha vai para ele. Tenho um orgulho enorme de carregar comigo todos os valores que ele me ensinou”, ressalta o medalhista de prata.

Terminada a regata, Bruno definiu também os próximos passos de sua trajetória na vela. O atleta deixa o papel de competidor para assumir o de orientador. “Vou seguir minha caminhada na vela em um projeto muito bacana. Recebi o convite para ser técnico da equipe chinesa olímpica e vou passar para o outro lado agora. Será um desafio, mas vou com o mesmo foco que sempre tive nas competições”, encerra.

Matheus Dellagnelo decide o ouro neste sábado

Neste sábado a vela catarinense pode comemorar mais uma medalha pan-americana. O velejador do Iate Clube de Santa Catarina, Matheus Dellagnelo, lidera a flotilha de Sunfish e vai para a Medal Race de olho no bicampeonato. A regata decisiva está programada para as 16h com transmissão ao vivo no site https://www.lima2019.pe/deportes-panamericanos/vela

Classificação final – Laser Standard

1º Juan Maegli (GUA) – 28pp
2º Bruno Fontes (BRA) – 34pp
3º Charles Buckingham (EUA) – 37pp
4º Enrique Arathoon (ELS) – 48pp
5º Stefano Peschiera (PER) – 58pp
6º Robert Davis (CAN) – 82pp
7º Andrew Lewis (TTO) – 62pp
8º Juan Bisio (ARG) – 84pp
9º Yanic Gentry (MEX) – 88pp
10º Clemente Seguel (CHI) – 91pp
11º Ignacio Rodriguez (URU) – 99pp

Mais conteúdo sobre

Pan 2019