Conteúdo por Gazeta Esportiva

Bruno Lazaroni afirma que polêmica com ex-presidente foi resolvida

Os áudios do ex-presidente do Botafogo Carlos Augusto Montenegro, que foram vazados após a vitória sobre o Goiás, não deram tranquilidade ao clube. No entanto, o técnico Bruno Lazaroni destacou que o episódio foi superado. Segundo o interino, o ex-dirigente já se explicou publicamente. O próprio Lazaroni revelou que conversou com o elenco alvinegro para acabar com qualquer ruído.

Lazaroni rechaçou que tenha criticado o meia Leo Valencia e o atacante Rodrigo Pimpão, principais alvos de Montenegro (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

“Foi tudo esclarecido pelo Montenegro. Nesta manhã, ele publicamente explicou o que realmente aconteceu. Está tudo superado e resolvido, principalmente com os atletas. Da minha parte não fica mágoa nenhuma. Vou seguir em frente, a minha vida sempre foi assim. Minhas atitudes falam muito mais do que as palavras”, disse.

Lazaroni rechaçou que tenha criticado o meia Leo Valencia e o atacante Rodrigo Pimpão, principais alvos de Montenegro. O interino reforçou que o pensamento dos alvinegros segue sendo o duelo deste sábado, contra o Palmeiras, em São Paulo.

Com a confirmação da contratação de Alberto Valentim para ser o novo treinador, Lazaroni terá sua última passagem no banco de reservas contra o Palmeiras. O Botafogo também emitiu uma nota oficial e saiu em defesa do elenco.

Confira abaixo nota completa:

O Botafogo de Futebol e Regatas, através do Departamento de Futebol, vem a público se manifestar a respeito dos últimos acontecimentos noticiados. A Diretoria ressalta a sua total confiança no elenco e em nosso auxiliar técnico que tão bem soube conduzir o comando da equipe em momento delicado da competição. Afiançamos o comprometimento e a dignidade dos nossos atletas e membros da comissão técnica no dia a dia dos treinamentos e representando o Botafogo – muitos deles há anos defendendo a nossa camisa. Mesmo em momentos de dificuldades, o grupo tem se mostrado extremamente profissional e segue focado nos objetivos na temporada.

Quanto ao processo decisório para a formação do elenco, o Botafogo tem um processo de tomada de decisão orgânico e profissional. Respeitamos e respeitaremos os contratos firmados pelo Clube. A transição para um esperado modelo com investimento societário privado, quando aprovado, será feita seguramente sob esse ambiente de profissionalismo.

Futebol