Conteúdo por Gazeta Esportiva

Bruno quer Inter atacando o Grêmio e não teme marcar Everton Cebolinha

Depois de amargar a reserva por quase um mês, o lateral Bruno está de volta ao time do Internacional. Em entrevista coletiva, o atleta projetou o clássico contra o Grêmio e não se mostrou intimidado com a missão de ter que marcar Everton Cebolinha.

“A gente sabe da qualidade do adversário. Não temos que nos preocupar só em marcar, mas também em surpreender o adversário. Daquele lado, eles também estão preocupados com nossos jogadores. É não dar espaço, fazer um grande jogo para sair com um bom resultado”, comentou.

(Foto: Ricardo Duarte/ Internacional)

Bruno perdeu a titularidade no Colorado após a partida contra o Cruzeiro, no dia 5 de outubro. Desde então, Heitor assumiu a posição, porém, suspenso, dá vaga novamente ao camisa 2.

Com diversos clássicos na carreira, como Fla-Flu e São Paulo e Corinthians, o defensor de 34 anos disse que o Gre-Nal é especial e pode ser decidido nos detalhes, por isso quer o time ligado para sair com os três pontos.

“É um conjunto de fatores (para se ganhar um clássico). É técnica, força de vontade. O que define um jogo desses é o detalhe, acredito que quem estiver mais concentrado dentro de campo, vai sair com o resultado. Precisa ter tranquilidade e ousadia”, disse. “O Gre-Nal é muito diferente, não existe clássico igual. A gente sabe da qualidade do time deles. É ter essa tranquilidade”, completou.

Grêmio e Internacional se enfrentam neste domingo, às 16h, na Arena do Grêmio, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Um triunfo, para qualquer das partes, é de extrema importância. Além de se tratar de uma das maiores rivalidades estaduais do país, é um confronto direto por uma vaga na Libertadores do ano que vem, afinal, se trata do quinto e sexto colocado, respectivamente.

Futebol