Conteúdo por Gazeta Esportiva

Buffon escolhe número 77 em retorno à Juventus e recusa braçadeira

Atualizado

Buffon vestirá o número 77 nesta passagem pela Juve (Foto: Reprodução/Twitter)

Oficialmente anunciado pela Juventus, o ídolo Gianluigi Buffon não vestirá a camisa número 1, que o consagrou no clube italiano. O goleiro de 41 anos optou por utilizar o número 77 e agradeceu ao polonês Szczesny, titular da posição e atual dono da numeração. Além disso, ele também recusou a braçadeira de capitão, oferecida pelo zagueiro Giorgio Chiellini.

“Quero agradecer ao Szczesny e ao Chiellini, que me ofereceram a camisa 1 e a braçadeira, mas eu não voltei para tirar algo dos meus companheiros. Eu só quero contribuir para o time. Estou pronto para quando chegar a oportunidade de ajudar a equipe”, declarou Buffon, que adotou um discurso em tom de compreensão com a provável reserva em seu retorno à Velha Senhora.

Gigi também explicou a escolha pelo novo número da camisa. “Pensei no 77 porque representa um pouco da minha história. Usei ele no Parma e me trouxe sorte, pois logo depois fui para a Juve. Então gosto muito dele”, afirmou em evento na loja da Juventus de Milão.

Buffon deixou a Velha Senhora em 2018 com 656 partidas disputadas desde 2001, além de somar nove conquistas do Campeonato Italiano e o status de grande ídolo da história do clube. Após uma temporada no PSG, o goleiro retornou à equipe de Turim com contrato válido por um ano.

Futebol