Conteúdo por Gazeta Esportiva

Cafu não vê Seleção Brasileira dependente de Neymar: “Hoje, não”

Cafu minimizou a dependência de Neymar na Seleção Brasileira (Foto:Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

A lesão e a consequente ausência de Neymar na Copa América realizada no Brasil voltou a ser um tema comentado, dessa vez por alguém com vasta história vestindo a camisa da Seleção Brasileira. Em evento realizado por uma patrocinadora da Confederação Brasileira de Futebol em São Paulo, Cafu admitiu não ver mais o time comandado de Tite dependente do craque do Paris Saint-Germain e especulado no Barcelona.

“A Seleção vem muito bem dentro de campo. Todas as substituições que são feitas os meninos entram em campo querendo mostrar que tem que ficar na Seleção Brasileira. Hoje não dependemos exclusivamente do Neymar e que tudo tem que passar pelo pé dele. Eles estão mostrando que também tem valor. Com Neymar as coisas ficam mais fáceis, mas sem ele a Seleção está mostrando que é um todo e pode conquistar títulos”, disse Cafu.

Para o lugar de Neymar, Tite decidiu apostar na convocação de Willian. O jogador do Chelsea, no entanto, ainda não foi titular em nenhuma partida da competição e, para a posição do desconvocado, o treinador já testou David Neres e firmou Everton. A possibilidade de alternativas, inclusive, foi elogiada pelo pentacampeão mundial pensando também no projeto da próxima Copa do Mundo, em 2022.

“Temos que aprender a jogar sem o Neymar. Claro que com ele as coisas ficam mais fácil, porque ele é uma das grandes estrelas dos últimos anos, uma referência. Mas a Seleção vem demonstrando que, mesmo sem o nosso principal jogar, tem condições de conquistar esse título da Copa América. Os meninos que estão lá vão demonstrar que tem valor, que são capazes, que não estão na Seleção à toa, que eles estão lá representando 220 milhões de brasileiros”, finalizou Cafu.

Copa América