Conteúdo por Gazeta Esportiva

Campello vê reinício em maio como limite para cumprir calendário

O presidente do Vasco, Alexandre Campello, vê o reinício do futebol em maio como limite para cumprir o calendário. Líder da comissão que representa o clube junto à CBF, ele se reunirá com a entidade no próximo dia sete e este assunto deverá estar na pauta, assim como a situação financeira dos clubes. Além da paralisação das competições e das receitas com bilheteria, o adiantamento das cotas de TV do Brasileirão também foi suspenso.

Na avaliação do mandatário cruzmaltino, o limite da paralisação é o início da segunda quinzena de maio. Se a paralisação se prolongar, não haverá tempo para que o calendário de competições seja cumprido.

(Foto: Divulgação/Rafael Ribeiro)

“O Abel de fato não recebeu ainda nada e não poderia receber, até porque ainda não pagamos os salários de janeiro e fevereiro de todos os funcionários e atletas. Então não poderia o Abel receber na frente dos outros”, justificou.

“Oportunamente, quando for pagar os salários de janeiro e fevereiro, ele vai receber, isso foi acordado com ele. Entendo que ele não tenha essa preocupação, quanto a isso a conversa foi muito tranquila”, completou.

Para o lugar de Abel Braga, o Vasco efetivou o auxiliar permanente Ramon Menezes. O ex-jogador e ídolo do clube vai iniciar o trabalho no campo somente quando o elenco se reapresentar. Ele contará com o apoio de Antônio Lopes como Coordenador Técnico.

Mais conteúdo sobre

Futebol