Conteúdo por Gazeta Esportiva

Campo vazio e academia cheia: Seleção volta aos trabalhos no Sul

Atualizado

A Seleção Brasileira se reapresentou na tarde desta sexta-feira, no CT do Grêmio, após a dramática classificação às semifinais da Copa América diante do Paraguai, na última quinta. No último treino em Porto Alegre, a comissão técnica priorizou a recuperação física do elenco.

Apenas oito atletas realizaram um trabalho em campo reduzido. Além de Willian e Lucas Paquetá, que entraram no segundo tempo na Arena Grêmio, Ederson, Cássio, Fagner, Éder Militão, Casemiro e David Neres participaram da atividade.

Após treino no campo, reservas também trabalharam na academia (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Os titulares, por sua vez, fizeram exercícios regenerativos e tratamentos fisioterápicos na parte interna do CT. Na academia, os jogadores viram pela TV a Argentina se tornar a próxima rival do Brasil ao vencer a Venezuela por 2 a 0, no Maracanã.

Alex Sandro, que jogou todo o segundo tempo, e Fernandinho, em recuperação de dores no joelho direito, também ficaram sob os cuidados da preparação física e dos fisioterapeutas. A dupla fez sessões de alongamentos e tratamento com as botas de compressão, segundo a CBF.

Além de Fernandinho, Filipe Luís é dúvida para o confronto com Argentina, marcado para a próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), no Mineirão. O lateral esquerdo deixou o duelo com o Paraguai com dores na coxa direita e será submetido a exames em Belo Horizonte.

Richarlison, com caxumba, segue isolado do grupo e deve ser desfalque mais uma vez. Em compensação, Casemiro volta a ficar disponível após cumprir suspensão. A Seleção Brasileira embarca em voo fretado para Belo Horizonte às 20h10 desta noite. A previsão de chegada no hotel em que ficará hospedada é às 23h45.

Copa América