Conteúdo por Gazeta Esportiva

Capitão da Seleção sub-17 celebra espaço no Palmeiras e se apresenta para a torcida

O Palmeiras anunciou no domingo a renovação do contrato de Henri, zagueiro revelado pelas categorias de base do clube e que é capitão da Seleção Brasileira sub-17. Após a valorização no Verdão, o jogador tem a consciência de que está colhendo os frutos de seu bom desempenho e celebra o maior espaço que os jovens vêm recebendo no Alviverde.

“Significa que meu trabalho está sendo bem visto, bem desenvolvido. Esse momento representa muito, pois mostra que tudo o que eu faço vem dando bons resultados”, afirmou.

Henri teve seu contrato renovado até 2025 (Foto: Divulgação/Palmeiras)

“Com toda certeza isso dá mais ânimo para os jogadores da base. Todos nós temos como objetivo chegar ao profissional, e ver o clube aproveitando os jogadores mais novos é estimulante. Temos que estar sempre preparados e trabalhando forte caso a oportunidade apareça”, completou.

Além de ser o capitão da equipe, Henri foi uma das lideranças técnicas da Seleção que conquistou o Mundial sub-17 em 2019. O zagueiro acredita que seu desempenho no torneio lhe garantiu visibilidade mundo afora.

“O Mundial Sub-17 me deu uma bagagem muito grande, pois é uma competição muito visada no mundo todo, e poder ser campeão no meio de grandes seleções é muito emocionante. Não tem preço ver que sua equipe é a melhor do mundo”, pontuou o defensor.

Por fim, Henri aproveita para se apresentar para a torcida do Palmeiras. Antes da paralisação por conta do coronavírus, o jogador foi inscrito pelo clube no Campeonato Paulista.

“Sou um zagueiro que joga com seriedade. Acho que tenho um bom toque de bola e precisão na marcação. Mas sempre busco evoluir nisso tudo. Gosto de trabalhar, de aprender e é nisso que me apego para dar alegrias pra torcida do Palmeiras”, finalizou.

Mais conteúdo sobre

Futebol