Conteúdo por Gazeta Esportiva

Capitão da Venezuela analisa eliminação e elogia campanha na Copa América

Atualizado

Depois de uma boa primeira fase, a Venezuela enfrentou a Argentina e foi eliminada nesta sexta-feira, nas quartas de final da Copa América. Com um gol sofrido logo no início da partida, e outro depois da falha do goleiro Fariñez na segunda etapa, a seleção vinotinto deu adeus à competição. Na saída de campo, o capitão Rincón analisou o jogo e destacou a participação venezuelana

Não começamos bem o primeiro tempo e talvez isso tenha nos custado a eliminação. Faltou um pouco de personalidade para suportar os primeiros minutos. Ainda assim temos que dizer que a Venezuela fez uma grande Copa América. Não chegamos em nosso objetivo que eram as seis partidas, mas seguimos crescendo e já somos uma realidade no futebol sul-americano”, disse o volante.

Perguntado sobre a projeção para a próxima Copa América, que acontece no ano que vem, Rincón prometeu trabalho duro da seleção da Venezuela.

“Vamos continuar buscando nossos objetivos e trabalhando duro. Que cada um de nós continue crescendo e dando o máximo. A Venezuela mostrou que pode bater de frente com qualquer equipe”, encerrou.

A Vinotinto fez uma boa primeira fase, classificando-se em segundo lugar no Grupo A com cinco pontos. Foram dois 0 a 0 contra Peru e Brasil, e uma vitória convincente por 3 a 1 contra a Bolívia.

Copa América