Conteúdo por Gazeta Esportiva

Carille revela estratégia para fazer Corinthians mais “agressivo” após pausa

A pausa da Copa América serviu para Fábio Carille aprimorar e amadurecer algumas ideias a fim de melhorar o rendimento do Corinthians dentro das quatro linhas. E no retorno das competições, o treinador espera tornar o Alvinegro do Parque São Jorge mais agressivo, aproveitando a característica, principalmente, de dois atletas do seu atual elenco: Clayson e o recém-contratado Everaldo, ex-Fluminense.

Durante entrevista coletiva concedida no Centro de Treinamentos Joaquim Grava, o técnico revelou uma de suas estratégias para fazer o Corinthians jogar melhor: utilizar a dupla de atacantes, conhecidos pela velocidade e intensidade, juntos no ataque. Até o momento, ambos atuaram juntos cerca de 45 minutos, na reta final dos jogos diante de Cruzeiro e Santos antes da pausa.

“Eu tive muito tempo na casa dos meus pais em Sertãozinho durante essa pausa para elaborar muita coisa. Mas cheguei aqui e foi totalmente diferente. Já perdi uma semana. Iria repetir Clayson e Everaldo juntos, mas não está dando. Isso seria uma mudança para que a gente seja mais agressivo e incomode mais. Meio que estacionou”, disse Carille

A opção do treinador, no entanto, ainda não pôde ser testada. Isso porque ambos os jogadores estão entregues ao departamento médico desde o retorno do time às atividades. Depois de se apresentar com um déficit muscular, a dupla está realizando trabalhos específicos para a correção do desequilíbrio e esteve fora da derrota para o Botafogo-SP no último sábado, por 2 a 1, em Ribeirão Preto.

“Os testes não poderei fazer. Queria usar Clayson e Everaldo até para ver como iriam se sair. Na Ponte, Clayson jogava centralizado e Lucca aberto. Antes da saída da folga, Everaldo se queixou de dor no púbis, vai fazer fortalecimento. Clayson precisa de cuidados com o joelho. Precaução para que eles tenham continuidade. O trabalho está sendo feito para o jogo contra o CSA”, finalizou o treinador.

Mais conteúdo sobre

Futebol