Conteúdo por Gazeta Esportiva

Carille testa Pedrinho como armador do Corinthians após derrota

O técnico Fábio Carille se reuniu com os seus jogadores para um treino na manhã desta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, o primeiro desde a derrota por 2 a 1 para o Botafogo-SP, no sábado, em amistoso realizado na cidade de Ribeirão Preto. A maior novidade da atividade foi a utilização de Pedrinho como um armador centralizado da equipe considerada titular no coletivo em campo reduzido.

O canhoto, que mais uma vez ficou aberto pelo lado direito diante do Botinha, inverteu de função com Régis, escalado pelo meio no interior paulista. A mudança é significativa para Carille, que já afirmou publicamente não ver Pedrinho como meia, rememorando a sua passagem pelas categorias de base do Timão.

Na movimentação, a inversão de posicionamento entre ele e Régis foi a única mudança com relação ao time titular que atuou no final de semana. Depois de um trabalho de aquecimento e chute a gol, a equipe foi separada com Walter; Méndez, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Júnior Urso; Régis, Pedrinho e Mateus Vital; Vagner Love.

Já na parte final, o comandante fez outras alterações na equipe, colocando Gabriel na vaga de Ralf e Boselli no posto ocupado por Mateus Vital. Dessa forma, Love foi para a esquerda e o argentino, autor do único gol no revés em Ribeirão Preto, ficou como referência da equipe no ataque.

Os reservas, por sua vez, terminaram o treino montados em uma 4-2-4, sem referência, mais ou menos como Carille encaixou o time no primeiro semestre de 2018. A equipe fechou a movimentação com Caíque; Romero, João Victor, Marllon e Carlos; Ralf e Matheus Jesus; Janderson, Sornoza, Araos e Mateus Vital.

Os times são indicativos do que a equipe deve ter na quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), contra o Vila Nova, no Serra Dourada, no segundo amistoso da parada para a Copa América. O Timão ainda encara o Londrina no domingo, às 11h (de Brasília), em Maringá, e retoma os jogos oficiais apenas no dia 14 deste mês, contra o CSA, na Arena, pelo Brasileiro.

Futebol