Cauan Emanuel, um dos sobreviventes do incêndio no CT do Flamengo, recebe alta do hospital

Um dos três sobreviventes do incêndio que matou dez pessoas no CT do Flamengo na última sexta-feira, Cauan Emanuel deixou o hospital particular na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, onde estava internado, por volta das 17h20 desta segunda-feira. Ele saiu por uma entrada lateral do hospital sem ser visto pela imprensa.

Cauan Emanuel Emanuel deixou o hospital no Rio de Janeiro - Reprodução Instagram
Cauan Emanuel Emanuel deixou o hospital no Rio de Janeiro – Reprodução Instagram


O empresário do atleta, Wanderley Nogueira, disse que Cauan dormirá nesta segunda-feira no hotel disponibilizado pelo Flamengo. Na terça, ele deverá ir para a casa dos pais, em Fortaleza. Nogueira disse também que policiais chegaram a pegar o depoimento do jovem nesta segunda, no hospital. A investigação está sendo conduzida pela 42ª Delegacia de Polícia, no Recreio, zona oeste do Rio. 

Outro jogador que está internado na mesma instituição, Francisco Dyogo, segundo o Flamengo, “segue em curva de melhora, mas continua com demandas ventilatórias de oxigênio e ainda precisa de suporte com cateter nasal”, informou o clube, que acrescentou que, “por conta disso permanece internado no CTI”.

Na madrugada de sexta-feira, um incêndio no Centro de Treinamento George Helal, mais conhecido como Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na zona oeste do Rio, causou a morte de dez jogadores da base do clube carioca e deixou três feridos. As autoridades já investigam o caso.

Mais conteúdo sobre

Futebol