Cidades da Grande Florianópolis na briga pelo terceiro lugar dos Jasc 2019

Disputa entre São José e Florianópolis pelo terceiro lugar na classificação geral dos Jogos Abertos de Santa Catarina promete ser acirrada

A disputa entre São José e Florianópolis pelo terceiro lugar na classificação geral da 59ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina promete ser acirrada.

A competição inicia nesta sexta-feira (1º), em Timbó, Pomerode e Indaial, na região do Vale do Itajaí, envolvendo em torno de 5,1 mil atletas e dirigentes, de 121 municípios.

São José ganhou os dois troféus do atletismo nos Jasc de 2018 – Foto: Alessandro Kozumi/NDSão José ganhou os dois troféus do atletismo nos Jasc de 2018 – Foto: Alessandro Kozumi/ND

A novidade será a apresentação da modalidade de muay thai, além do jiu-jitsu como o primeiro ano de provisória. O boxe fará parte como exibição.

Os josefenses terminaram em quarto lugar em Caçador, com 11 pontos de vantagem e o objetivo é repetir o feito, ou até mesmo melhorar. O município só não se inscreveu no punhobol e no tênis (masculino).

De acordo com o diretor técnico, Claiton Ribeiro, a principal aposta é o atletismo, que buscará o tricampeonato no masculino. Mas também são grandes as possibilidades de troféus no futebol (feminino), futsal (feminino), handebol (masculino), judô (masculino), tiro (armas longas) e o vôlei de praia (masculino).

Carateca de peso

A expectativa é que as medalhas conquistadas pelo carateca, Douglas Santos Brose, contribuam para que Florianópolis ultrapasse o município vizinho. Ele tem seis títulos de Jogos Pan-Americanos, dois mundiais, entre outros.

O diretor-técnico da FMD, Marcelo Melo acredita que será possível marcar o maior número de pontos, ao contrário da última edição que não somou na modalidade. Ele disse que, diferentemente do que acontecia no passado, o foco atual é na base.

Tanto assim que a Capital ficou com o terceiro lugar inédito na classificação geral da Olesc (Olimpíada Estudantil de SC). As apostas de troféu são no caratê (masculino), nos dois naipes do ciclismo, ginástica rítmica, natação (masculino), punhobol e remo.

Mauro Fernandes, de Florianópolis, é felicitado pelos três recordes batidos durante a competição – Foto: Antonio Prado/NDMauro Fernandes, de Florianópolis, é felicitado pelos três recordes batidos durante a competição – Foto: Antonio Prado/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Esportes