Cinco jogadores do Vasco têm chance de mostrar serviço a Roth

Divulgação

Entre as verdades e mentiras que existem no futebol, talvez a mais verídica de todas é que nenhum jogador fica satisfeito no banco de reservas. No Vasco, o técnico Celso Roth apontou que já tem o time ideal na cabeça. Mas na noite desta quarta-feira, contra o América-RN, às 22h, na Arena das Dunas, cinco jogadores que não são considerados titulares terão oportunidade. É a chance de mostrar serviço. O site do LANCE! transmite em tempo real.

O goleiro Jordi, o zagueiro Aislan, o meia Emanuel Biancucchi e os atacantes Riascos e Thalles devem ser titulares hoje à noite. Eles jogam nas respectivas vagas de Martin Silva, que está lesionado, Luan, no Panamericano, Andrezinho e Herrera, poupados, e Dagoberto, suspenso. Destes, apenas Luan não estará em campo contra o Palmeiras, domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Ele só volta de Toronto semana que vem.

Sorte de quem tem a chance de ser titular hoje e mostrar serviço diante de um América-RN que ainda não engatou na Série C, e pode vencer até por 1 a 0 que não elimina o Cruz-Maltino. No jogo de ida, semana passada, em São Januário, vitória do Vasco por 3 a 1. Por isso, a expectativa é de bom público por parte dos vascaínos na Arena das Dunas.

O técnico Celso Roth nem teve tempo de trabalhar o time antes do jogo de hoje. Foram dois dias de treino entre a vitória no clássico contra o Fluminense, domingo, e a partida desta noite. Na segunda, os titulares fizeram um trabalho regenerativo. Ontem, somente um recreativo e algumas cobranças de pênaltis, que só serão necessárias em caso de vitória dos donos da casa por 3 a 1.

Dentre as mudanças no setor ofensivo em relação ao clássico contra o Fluminense – saem Andrezinho, Dagoberto e Herrera, e entram Biancucchi, Riascos e Thalles – só quem fica é o meia Jhon Cley, que foi justamente o herói da vitória sobre em cima do rival. Ele lembra que o jogo de domingo já ficou no passado.

– Fico feliz por ter ajudado a equipe, mas agora vamos focar totalmente na Copa do Brasil para fazer um belo jogo contra o América-RN – comentou o meias Jhon Cley.

A classificação é fundamental. Se for com vitória, melhor ainda.

CONFIANÇA POTIGUAR

A missão do América-RN não é fácil. Mas a motivação dentro do clube é grande: trata-se do primeiro grande duelo do time após o clube festejar o Centenário. Além disso, o artilheiro Max está de volta após cumprir suspensão na partida de ida. Contudo, o capitão Cascata ressaltou que o foco do clube é voltar para a Série B do Brasileirão no ano que vem.

– Claro que queremos a classificação, esperamos fazer uma boa partida, mas nossa prioridade é voltar para a Série B do Brasileiro – disse.

AMÉRICA-RN X VASCO
Local: Arena das Dunas, em Natal (RN)
Data-hora: 21/7/2015, às 22h
Árbitro: Luís Teixeira Rocha (RS)
Auxiliares: Alessandro Rocha Matos (BA) e Clóvis Amaral da Silva (PE)

AMÉRICA-RN: Bussatto, Lucas Newton, Flávio Boaventura, Cleber e Rafael; Judson, Zé Antônio Paulista, Álvaro e Cascata; Marcelo (Adriano Pardal) e Max – Técnico: Roberto Fernandes.
VASCO: Jordi, Madson, Aislan, Rodrigo e Christianno; Anderson Salles e Guiñazú; Jhon Cley, Emanuel Biancucchi e Riascos; Thalles – Técnico: Celso Roth.

Mais conteúdo sobre

Esporte